DSpace

RI UFBA >
Faculdade de Educação >
Programa de Pós-Graduação em Educação (PPGE) >
Teses de Doutorado (PPGE) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/21113

Title: Currículo, gênero e formação: uma compreensão densa dos atos de currículo do curso de Bacharelado em Gênero e Diversidade da UFBA e suas implicações nas experiências formativas
Authors: Lima, Tatiane de Lucena
???metadata.dc.contributor.advisor???: Macedo, Roberto Sidnei Alves
Keywords: Gênero;Currículo;Atos de currículo;Formação;Experiências formativas;Gender;Curriculum;Acts of curriculum;Training;Formative experiences
Issue Date: 20-Dec-2016
Abstract: Trata-se de uma investigação Etnográfica, embasada nas abordagens da Complexidade, da Multirreferencialidade e das Epistemologias Feministas, que analisou as concepções político-pedagógicas norteadoras dos atos de currículo produzidos no curso de Bacharelado em Gênero e Diversidade da UFBA e suas implicações nas experiências formativas dos estudantes. No campo epistemológico, o estudo se situa no escopo das epistemologias feministas. A pesquisa qualitativa do tipo etnográfica caracterizou-se como um estudo de caso, cuja amostra intencional constituiu onze estudantes do curso investigado que participaram da estratégia do grupo focal. Utilizei como instrumento de coleta de dados, a observação assistemática das aulas e a entrevista individual semi-estruturada com a coordenadora e professoras do curso. Ademais, realizei a análise documental da proposta pedagógica do curso e das políticas públicas em gênero e educação. Verifiquei que as concepções político-pedagógicas norteadoras dos atos de currículo do curso são: 1. Pedagogias Feministas (LOURO, 1997), 2. Pedagogia Libertadora (FREIRE, 1970; 1971) e Pedagogia da Autonomia (FREIRE, 2000); 3. Multiculturalismo crítico (MCLAREN, 1997b). As implicações dessas concepções nas experiências formativas revelaram maior empoderamento dos estudantes, em especial, das mulheres; uma avaliação positiva sobre si (autoestima); visão crítica de mundo e capacidade de autocrítica, permeadas pela desconstrução das assimetrias sociais que envolvem gênero e suas interseccionalidades.
ABSTRACT This was an ethnographic investigation, based on the complexity, multireferentiality and the Feminist Epistemologies approaches, that analyzed the pedagogic-political concepts that guides the Course of Gender and Diversity Bachelor curriculum at University Federal of Bahia (UFBA) and its implications in the formative experiences of the students. In the epistemological field, the study lies in the scope of feminist epistemologies. The qualitative research of ethnographic type was characterized as a case study, whose intentional sample provided eleven students from the investigated course that took part in the strategy of focal group. I used as an instrument of data collection, the unsystematic observation of lessons and semistructured individual interviews with the coordinator and teachers of the course. In addition, I conducted a documental analysis of pedagogical proposal of the course and of the public policies in gender and education. I Found that the politicalpedagogical concepts that guide the actions of the curriculum of the course are: 1. Feminist Pedagogies (LOURO, 1997), 2. Liberating Pedagogy (FREIRE, 1970; 1971) and Pedagogy of Autonomy (FREIRE, 2000) 3. Critical Multiculturalism (MCLAREN, 1997b). The implications of these conceptions in formative experiences reveal greater empowerment of students, especially the women, a self positive assessment (self esteem), a critical view of the world and ability to self-critical permeated by social asymmetries involving gender and their intersectionalities.
URI: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/21113
Appears in Collections:Teses de Doutorado (PPGE)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
TESE_LIMA_REV JULHO 2012.pdf1.52 MBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA