Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufba.br/handle/ri/35787
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.creatorBarreto, Ubiratan Alves Muniz-
dc.date.accessioned2022-08-03T12:47:53Z-
dc.date.available2022-08-03T12:47:53Z-
dc.date.issued2020-11-18-
dc.identifier.urihttps://repositorio.ufba.br/handle/ri/35787-
dc.description.abstractThe present academic research work critically analyse the transformations and omissions triggered by the law 13.840/2019, known as the new drug law, wich remodels the 2006 drug law, and pertinent others to dispose about National Public Politics Sistem for drugs and atention to drug users or dependents to discuss the funding of the drugs politics. The study approaches under the perspective of the treatment mesure called involuntary commitment, under the light of the Fundamental Rights Theory, highlighting the necessity of efective jurisdicional control and especial atention to avoid the setback of social rights concerned mental health already conqueredpt_BR
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal da Bahiapt_BR
dc.subjectNova Lei de drogas 13.840/2019pt_BR
dc.subjectInternação involuntáriapt_BR
dc.subjectDireitos fundamentaispt_BR
dc.subjectDependentes químicospt_BR
dc.subjectDependentes químicospt_BR
dc.subjectViciados em drogaspt_BR
dc.subject.otherNew Drug Law 13.840/2019.pt_BR
dc.subject.otherInvoluntary commitmentpt_BR
dc.subject.otherFundamental Rightspt_BR
dc.subject.otherChemical Dependentspt_BR
dc.subject.otherPublic Politicspt_BR
dc.titleLei 13.840/2019 : a internação involuntária de dependentes químicos sob a luz da Teoria Geral dos Direitos Fundamentaispt_BR
dc.typeTrabalho de Conclusão de Cursopt_BR
dc.publisher.initialsUFBApt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::DIREITOpt_BR
dc.contributor.advisor1Hirsch, Fábio Periandro de Almeida-
dc.contributor.referee1Hirsch, Fábio Periandro de Almeida-
dc.contributor.referee2Neves, André Luiz Batista-
dc.contributor.referee3Freitas, Tiago Silva de-
dc.description.resumoO trabalho de pesquisa acadêmica aqui desenvolvido dá-se na análise crítica das transformações ou omissões desencadeadas pelo advento da lei 13.840/2019, conhecida como nova lei de drogas, norma essa que trouxe em seu bojo, reformas na lei de drogas de 2006, e outras pertinentes, para dispor sobre o Sistema Nacional de Políticas Públicas sobre drogas e as condições de atenção aos usuários ou dependentes de drogas e para tratar do financiamento das políticas sobre drogas. Abordou-se o estudo sob a perspectiva da medida de tratamento denominada de internação involuntária, à luz da teoria geral dos direitos fundamentais, com destaque para necessidade de efetivo controle jurisdicional e especial atenção para o não retrocesso dos direitos sociais em saúde mental já conquistados.pt_BR
dc.publisher.departmentFaculdade de Direitopt_BR
Appears in Collections:Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação) - Direito (Faculdade de Direito)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Ubiratan Alves Muniz Barretto.pdf779,72 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.