DSpace

RI UFBA >
Faculdade de Educação >
Programa de Pós-Graduação em Educação (PPGE) >
Dissertações de Mestrado (PPGE) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/33219

Title: A psicologia da educação na formação de professores: limites e possibilidades na direção de uma perspectiva crítica no ensino superior
Authors: Silva , Najla Gama Passos
???metadata.dc.contributor.advisor???: Viégas, Lygia de Sousa
Keywords: Psicologia educacional.;Professores – Formação;Pensamento crítico;Didática (Ensino superior);Formação crítica no ensino superior;Curso de Pedagogia;Eucational psychology;Teacher training;Critical training in higher education;Pedagogy course;Federal University of Bahia
Issue Date: 6-Apr-2021
Abstract: Esta pesquisa tem como objetivo analisar os limites e as possibilidades para a construção de uma formação crítica de professores, a partir do componente curricular Psicologia da Educação na Universidade Federal da Bahia. Compõem os objetivos específicos da pesquisa: a) analisar os elementos que compõem o plano de curso do componente curricular Psicologia da Educação; b) analisar as contribuições do componente curricular Psicologia da Educação na direção da formação crítica de professores; c) conhecer as concepções dos (as) graduandos (as) e da professora acerca das contribuições da Psicologia da Educação em uma perspectiva crítica na formação de professores. Partindo do Materialismo Histórico Dialético, busca aprofundar os estudos compreendendo que é possível apreender a universidade/escola como espaço de formação determinado pela complexa realidade social, todavia, campo estratégico indispensável para a construção de uma contra-hegemonia que se coloque a serviço da classe trabalhadora. Nesta direção, a pesquisa está organizada em cinco seções: na primeira seção, aborda, de forma breve, a necessidade da formação crítica de professores, sobretudo em tempos de pós-modernismo e descaracterização da formação e trabalho dos professores. Na segunda seção, busca discutir as implicações da psicologia na formação de professores entre movimentos de hegemonia e rupturas no contexto social contemporâneo. Ressalta a defesa da inserção da perspectiva crítica em psicologia na formação de professores como condição necessária na discussão política e educacional. Na seção seguinte, aborda o percurso da pesquisa de campo, destacando os fundamentos teórico-metodológicos, as expressões conceituais do não cotidiano atravessado pelo cotidiano na formação de professores, bem como os participantes e os procedimentos da pesquisa: análise documental, a partir do plano de curso da professora, observação em sala de aula no período de um semestre letivo; e entrevistas com cinco estudantes e a professora. Na quarta seção, destaca as contribuições da pesquisa de campo, ressaltando a Psicologia da Educação enquanto componente curricular para a formação crítica de professores. A última seção busca articular o interior da formação de professores, a partir de algumas categorias, enfatizando a relação singular-particular-universal; a relação conteúdo-forma; e a crítica à naturalização da formação humana e das relações sociais como condição para a apreensão concreta dos fenômenos educativos. A pesquisa aponta a relevância da Psicologia da Educação em uma perspectiva crítica como um caminho possível na socialização do conhecimento científico na direção de transformar as possibilidades da formação crítica dos estudantes e na contribuição do fortalecimento de uma práxis em consonância com os interesses da classe trabalhadora.
ABSTRACT This research aims to analyze the limits and possibilities for the construction of a critical formation of teachers, from the curricular component of Educational Psychology at the Federal University of Bahia. The specific objectives of the research comprise: a) to analyze the elements that make up the course plan of the Educational Psychology curricular component; b) analyze the contributions of the Educational Psychology curricular component in the direction of critical teacher education; c) to know the conceptions of the students and the teacher about the contributions of Educational Psychology in a critical perspective in teacher education. Starting from Dialectical Historical Materialism, it seeks to deepen the studies, understanding that it is possible to apprehend the university / school as a training space determined by the complex social reality, however, an essential strategic field for the construction of a counter-hegemony that places itself at the service of the working class. In this sense, the research is organized into five sections: in the first section, it briefly addresses the need for critical teacher training, especially in times of postmodernism and the lack of characterization of teacher training and work. In the second section, it seeks to discuss the implications of psychology in teacher education between movements of hegemony and ruptures in the contemporary social context. It emphasizes the defense of the insertion of the critical perspective in psychology in the training of teachers as a necessary condition in the political and educational discussion. In the following section, it addresses the course of field research, highlighting the theoretical and methodological foundations, the conceptual expressions of the non-everyday traversed by the everyday in teacher education, as well as the participants and the research procedures: document analysis, from the plan the teacher's course, classroom observation during a semester; and interviews with five students and the teacher. In the fourth section, it highlights the contributions of field research, highlighting Educational Psychology as a curricular component for critical teacher education.The last section seeks to articulate the interior of teacher education, based on some categories, emphasizing the singular-particular-universal relationship; the content-form relationship; and the critique of the naturalization of human formation and social relations as a condition for the concrete apprehension of educational phenomena. The research points out the relevance of Educational Psychology in a critical perspective as a possible way in the socialization of scientific knowledge in the direction of transforming the possibilities of critical training of students and in the contribution to the strengthening of a praxis in line with the interests of the working class.
URI: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/33219
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado (PPGE)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
GAMA, NAJLA - DISSERTAÇÃO MESTRADO-UFBA.pdf3.05 MBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA