DSpace

RI UFBA >
Faculdade de Educação >
Trabalhos de Conclusão de Curso (TCC/FACED) >
Trabalho de Conclusão de Curso - TCC (Pedagogia) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/32690

Title: O papel das brincadeiras na apropriação da linguagem escrita na educação infantil
Authors: Silva, Isa Bastos da
???metadata.dc.contributor.advisor???: Araujo, Liane Castro de
Keywords: Educação infantil;Linguagem escrita;Brincadeiras;Brincar
Issue Date: 24-Jan-2021
Abstract: A linguagem escrita é uma prática social tão presente em nossas vidas, que as crianças, desde bem pequenas, interessam-se muito em interagir com esse elemento cultural. Além disso, o campo teórico da educação percebe a necessidade de ampliar o contato das crianças com o mundo da escrita haja vista que ler e escrever constituem ferramentas culturais riquíssimas que precisam estar ao alcance de todos. Nessa perspectiva, defendemos que o contato com a linguagem escrita pode acontecer nas classes de educação de crianças, a despeito das diferentes concepções que concorrem no fazer pedagógico da Educação Infantil, e podem ser articuladas ao brincar, elemento essencial da infância e eixo da Educação Infantil. Esse trabalho de conclusão de curso teve como objetivo compreender quais são as contribuições do trabalho pedagógico com brincadeiras na aprendizagem da língua escrita na Educação Infantil. Assumindo um caráter qualitativo, o estudo foi realizado a partir da pesquisa bibliográfica de referenciais teóricos da área, bem como da leitura de documentos oficiais pertinentes ao campo de Educação Infantil, visando responder a seguinte pergunta problema: como as brincadeiras contribuem para a apropriação da linguagem escrita na Educação Infantil? Abordamos as concepções teóricas que concorrem no trabalho com a linguagem escrita na Educação Infantil. Bem como as perspectivas teóricas relativas ao brincar e as suas contribuições na apropriação da língua escrita na educação de crianças. Nesse sentido, assumimos nesse trabalho que é válido oportunizar aos pequenos vivenciar o contato com a linguagem escrita a partir de situações lúdicas e letradas que abarquem desde o brincar faz de conta que envolvem as práticas de ler e escrever; a brincadeira com os gêneros da tradição oral, que mergulham as crianças na cultura da infância e na oralidade poética e, ao mesmo tempo, chamam a atenção para as sonoridades da língua, importante aspecto na apropriação da escrita alfabética; e em jogos que abordem aspectos linguísticos da notação da língua e sua base fonológica, a partir de situações reflexivas em contextos lúdicos, considerando os jogos como um tipo estruturado de brincadeira. Portanto, assumimos aqui o brincar como importante mediador das aprendizagens infantis no tocante a apropriação da linguagem escrita e defendemos o direito das crianças de se aproximarem da língua escrita de forma intencional, planejada e contextualizada, sem perder a vinculação com os eixos fundamentais da Educação Infantil, o brincar e as interações, e dos modos de aprender nesse segmento.
URI: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/32690
Appears in Collections:Trabalho de Conclusão de Curso - TCC (Pedagogia)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
TCC_Final_ISA BASTOS_2020.pdf683.6 kBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA