DSpace

RI UFBA >
Faculdade de Educação >
Mestrado Profissional em Educação: Currículo, Linguagens e Inovações Pedagógicas(MPED) >
Dissertações de Mestrado Profissional em Educação - Projeto de Intervenção (MPED) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/31497

Title: História e tecnologia africana: diálogos possíveis no ensino médio integrado.
Authors: Sá, Márcia Farias de Oliveira e
???metadata.dc.contributor.advisor???: Oliveira, Iris Verena Santos de
Keywords: Educação;Epistemicídio;Tecnologias Africanas;Professores - Formação;Tecnologia - África - Estudo e ensino;Ciência - África - Estudo e ensino;Education;Epistemic;African technologies
Issue Date: 28-Feb-2020
Abstract: A população brasileira, fruto da colonização européia, especialmente a portuguesa é marcadamente miscigenada. Conquanto, o viés cultural colonialista eurocêntrico, que ainda impera na sociedade, exclui as demais culturas, que são ignoradas e paulatinamente invisibilizadas, e culmina no que Santos (2001) e Carneiro (2005) chamam de epistemicídio: negação do acesso a uma educação de qualidade, a produção histórica de conhecimento, inferiorizando e desqualificando o conhecimento e produção intelectual, principalmente do negro. Destarte, esse projeto de intervenção tem o objetivo de propor um curso de formação sobre a inserção das tecnologias africanas nas práticas e nos currículos educacionais aos docentes interessados do IF Sertão-PE Campus Salgueiro. Em um breve resgate histórico sobre a educação do negro no Brasil evidencia-se todo o processo de negação do acesso da população negra à educação e aos avanços para sua inserção nos espaços de educação formal; bem como ressalta-se que no Brasil a construção do conhecimento e os currículos ainda são marcadamente brancos (eurocêntricos). Somado a isto, tem-se a educação técnica que teve e tem parcela contributiva para inclusão dos negros na educação formal, e por estes já disporem de acesso precisam conhecer e aprender sobre a produção tecnológica e científica do seu povo que abrange as grandes áreas do conhecimento: linguagens, códigos e suas tecnologias; ciências da natureza, matemática e suas tecnologias; e ciências humanas e suas tecnologias. Este projeto de intervenção se dará através do curso de formação online utilizando a tecnologia de Recursos Educacionais Abertos (REA) com os docentes do Instituto Federal do Sertão Pernambucano - Campus Salgueiro. Por fim, espera-se que se possa desenvolver uma prática educativa que considere a origem africana e afrodescendente muito mais que seres humanos escravizados, mas também como produtores de conhecimento e tecnologias.
ABSTRACT The Brazilian population, fruit of the European colonization, especially the Portuguese one is markedly miscegenated. However, the Eurocentric colonialist cultural bias, which still reigns in society, excludes other cultures, which are ignored and gradually invisibilized, and culminates that Santos (2001) and Carneiro (2005) call epistemicide: denial of access to an education of quality, the historical production of knowledge, inferiorizing and disqualifying the knowledge and intellectual production, mainly of the black. Thus, this intervention project aims to propose a training course on the insertion of African technologies in educational practices and educational curricula to the interested teachers of IF Sertão-PE Campus Salgueiro. In a brief historical rescue on the education of the black in Brazil, the whole process of denial of the access of the black population to education and the advances for their insertion in the spaces of formal education is evident; as well as it is emphasized that in Brazil the construction of knowledge and curricula are still markedly white (Eurocentric). In addition to this, there is a technical education that has and contributes to the inclusion of blacks in formal education, and for a considerable portion of these already have access to formal education need to know and learn about the technological and scientific production of its people which covers the major areas of knowledge: languages, codes and their technologies; natural sciences, mathematics and their technologies; and humanities and their technologies. This intervention project is an action research that took place through the online training course with the lecturers of IF Sertão-PE Campus Salgueiro, through the insertion of texts in the online platform of the courses and discussions based on these texts. Finally, it is hoped that an educational practice that considers African and Afro-descendant origin will be developed much more than enslaved human beings, but also as producers of knowledge as well as technologies.
URI: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/31497
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado Profissional em Educação - Projeto de Intervenção (MPED)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Dissertação de Mestrado_MárciaFarias.pdf951.41 kBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA