DSpace

RI UFBA >
Faculdade de Direito >
Trabalho de Conclusão de Curso - TCC (Direito) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/24849

Title: Abandono e invisibilidade da mulher encarcerada: as presas definitivas do conjunto penal feminino da mata escura sob a ótica da criminologia feminista
Authors: Leite, Deylane Azevedo Moraes
???metadata.dc.contributor.advisor???: Portugal, Daniela Carvalho
Keywords: Criminologia;Feminismo;Mulher
Issue Date: 14-Dec-2017
Abstract: O presente trabalho possui como objetivo analisar como o ando centrismo se manifesta na relação entre gênero e prisão e contribui para o abandono einvisibilidade da mulher encarcerada. Utilizou-se por base a pesquisa bibliográfica para realizar um percurso histórico do controle e estigmatizarão da mulher, para em seguida, por meio de fontes empíricas, trazer as narrativas das mulheres sentenciadas do Conjunto Penal Feminino da Mata Escura. Essas narrativas serviram de base para entender como a mulher é considerada um sujeito inferior dentro da lógica do sistema carcerário, pouco observada pela política criminal pautada num modelo de prisão feito por homens e pensado para homens, que trata a mulher como um resíduo, um sujeito invisível. Por isso, o estudo da relação gênero e cárcere por um viés feminista se fazem essencial para pautar a emancipação das mulheres das diversas classes sociais, na busca por uma criminologia feminista inter seccional, que dê voz a mulher encarcerada e possibilite a redução do direito penal sexista, classista e hierarquizante atual.
URI: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/24849
Appears in Collections:Trabalho de Conclusão de Curso - TCC (Direito)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
MORAIS LEITE, Deylane Azevedo - Abandono e invisibilidade da mulher encarcerada as ptesas definitivas.....pdf431.84 kBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA