DSpace

RI UFBA >
Faculdade de Educação >
Programa de Pós-Graduação em Educação (PPGE) >
Dissertações de Mestrado (PPGE) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/22233

Title: A trajetória de afiliação de estudantes com deficiência na educação superior
Authors: Oliveira, Gracy Kelly Andrade Pignata
???metadata.dc.contributor.advisor???: Pimentel, Susana Couto
Keywords: Deficiência;Afiliação estudantil;Educação superior;Inclusão educacional;Disability;Student affiliation;College education;Educational inclusion
Issue Date: 3-May-2017
Abstract: Esta pesquisa traz como objeto de investigação as trajetórias de afiliação de estudantes com deficiência na Educação Superior. Nesta perspectiva, desenvolvemos um estudo empírico, cuja abordagem teórico-metodológica se apoia no Interacionismo Simbólico, corrente sociológica que privilegia a compreensão da sociedade a partir da concretude das relações interindividuais. Mais especificamente, é interesse desta pesquisa lançar luz sobre os elementos que constituem a rotina institucional e a experiência estudantil na Educação Superior, para pessoas que vivenciam a condição de deficiência. Diante de um tema ainda recente e carregado de complexidade, o percurso metodológico traçado para esta investigação é de natureza qualitativa, do tipo estudo de caso e visa compreender o processo de afiliação de estudantes com deficiência na Educação Superior. Para tanto, elegemos como procedimentos de coleta de dados, a pesquisa documental e a entrevista semiestruturada, focalizada e individual, com perguntas abertas, de modo a possibilitar aos estudantes entrevistados maior liberdade nas respostas. Os resultados da investigação revelam que o estudante com deficiência passa pelas mesmas etapas de afiliação que os demais estudantes, porém a condição de deficiência o coloca diante da necessidade de superar resistências, enfrentar barreiras e estigmas, sem perder de vista os sonhos, as aspirações e os projetos de vida. Assim, compreendemos a afiliação do estudante com deficiência como um processo complexo, que envolve o direito de combinar as demandas pessoais às exigências acadêmicas. A pesquisa mostrou ainda que a dimensão simbólica, manifestada pela preocupação em atender as expectativas socialmente impostas, interfere no processo de construção da afiliação, refletindo inclusive na formação da identidade pessoal e social do estudante com deficiência.
ABSTRACT This research brings as object of investigation the trajectories of students’ affiliation with disabilities in college education. In this perspective, we developed an empirical study of which theoretical-methodological approach is based on Symbolic Interactionism. Sociological current that privileges the understanding of society from the concreteness of interindividual relations. More specifically, it is the interest of this research to launch lights out about on the elements that constitute the institutional routine and the student experience in Higher Education for people who experience the condition of disability. Faced with a still recent and so complex subject, the methodological way traced for this investigation is qualitative nature of, of the case study type and aims to understand the process of affiliation of students with disability in College Education. To do so, we chose as data collection procedures, documental research and semi-structured, focused and individual interview with open questions, in order to possibility to the students interviewed more freedom in the answers. The results of the investigation revealed that the student with the disability goes through the same stages of affiliation that the other students, but the condition of disability places it in the face of the need to overcome resistance, face barriers and stigmas, without losing sight of dreams, aspirations and projects of life. Thus, we understand the affiliation of the disabled students as a complex process, which involves the right to combine personal demands with academic demands. The research also showed that the symbolic dimension, manifested by the concern to meet socially imposed expectations, interferes in the building the affiliation process of, also reflecting the formation of the personal and social identity of the student with disability.
URI: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/22233
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado (PPGE)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
DISSERTAÇÃO.pdf2.16 MBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA