DSpace

RI UFBA >
Escola de Nutrição >
Programa de Pós-Graduação em Alimentos, Nutrição e Saúde (PGNUT) >
Dissertações de Mestrado (PGNUT) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/19248

Title: Consumo alimentar ao longo da gestação e associação com o peso ao nascer: um estudo de coorte
Authors: Santana, Jerusa da Mota
???metadata.dc.contributor.advisor???: Assis, Ana Marlucia de Oliveira
Keywords: Alimentação;Gestantes;Análise fatorial
Issue Date: 24-May-2016
Abstract: Objetivo: Identificar os padrões de consumo alimentar ao longo da gestação em mulheres de um município da Bahia. Metodologia: Trata-se de estudo de coorte prospectiva dinâmica envolvendo 185 gestantes captadas no serviço de pré-natal das Unidades de Saúde da Família de um município baiano entre os meses de abril de 2012 a junho de 2013. Utilizou-se o questionário de frequência alimentar semi-quantitativo (QFA) para avaliar o consumo alimentar da gestante ao longo do seguimento. Para identificar o padrão de consumo alimentar das gestantes ao longo do período de acompanhamento, adotou-se a análise fatorial (AF) com técnica de extração por componentes principais. Utilizou-se o teste de correlação de Pearson para identificar a correlação entre os padrões correspondentes extraídos de cada trimestre gestacional avaliado. Resultados: Foram identificados quatro padrões de consumo alimentar para cada trimestre gestacional avaliado. O padrão 1, identificado no primeiro trimestre gestacional, integrado por alimentos processados/industrializados, açúcares/doces, café e gorduras. O padrão 2 composto por leguminosas, legumes/verduras, carnes e ovos. O padrão 3 caracterizado pelos grupos dos cereais/raízes/tubérculos, leite e salgados fritos. E o padrão 4 composto pelo grupo das frutas. No terceiro trimestre, o padrão 1 composto pelos grupos das carnes, ovos, salgados fritos, produtos industrializados e processados. O padrão 2, integrado pelos grupos dos cereais/raízes/tubérculos, leguminosas, verduras/legumes, frutas e leite. O padrão 3 caracterizado pelo grupo do café e manteiga/margarina. E o Padrão 4, composto pelo grupo dos açúcares e doces. Conclusão: O presente estudo permitiu identificar oito padrões de consumo alimentar, quatro para cada trimestre avaliado ao longo da gestação. Os resultados do presente estudo são consistentes e tornam-se relevante por caracterizar o padrão alimentar de mulheres nos dois momentos da gestação, conhecimento que é escasso no Brasil
URI: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/19248
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado (PGNUT)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Dissertação_Nut_ Jerusa da Mota Santana.pdf1.3 MBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA