DSpace

RI UFBA >
Faculdade de Educação >
Mestrado Profissional em Educação: Currículo, Linguagens e Inovações Pedagógicas(MPED) >
Dissertações de Mestrado Profissional em Educação - Projeto de Intervenção (MPED) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/18691

Title: As diferenças na qualidade de ensino e aprendizagem entre os turnos matutino e vespertino no Colégio Municipal Eufrásio Vilela Dourado – Ibititá-BA
Authors: Dourado, Gardênia de Oliveira Cardoso
???metadata.dc.contributor.advisor???: Assis, Alessandra Santos de
Keywords: Fracasso escolar;Discriminação na educação;Igualdade na educação;Distúrbios da aprendizagem;School failure;Discrimination in education;Disorders of learning;Equality in education
Issue Date: 7-Mar-2016
Abstract: O presente Projeto de Intervenção apresentado como resultado final do curso de Mestrado Profissional em Educação, Currículo, Linguagens e Inovações Pedagógicas da Faculdade de Educação da Universidade Federal da Bahia é um trabalho de natureza crítica-reflexiva-propositiva que teve como ponto de partida a investigação educacional, visando à identificação, ao estudo de problemas e a recomendação de ações que colaborem com a mudança da realidade observada. O contexto investigativo é o Colégio Municipal Eufrásio Vilela Dourado, situado na zona urbana do Município de Ibititá-Ba, que oferece Ensino Fundamental, dada a situação de exclusão, descaso e discriminação que marcam, em especial, os alunos do turno vespertino de modo distinto dos alunos do turno matutino. Os objetivos do Projeto são apresentar recomendações direcionadas para a melhoria de qualidade de ensino no turno vespertino e matutino, tendo como ponto de partida estudar as causas das diferenciações nas condições de estudo e de rendimento dos alunos entre os dois turnos. Para a construção da proposta, foi realizado um levantamento de estudos sobre as diferenças na qualidade do ensino e aprendizagem entre os turnos matutino e vespertino. Buscou-se aporte teórico em autores como Perrenoud, (2001); Freire, (2014); Gadotti, (2013); Bordieu Apud: João E Silva, (2014); Nogueira, (1998); Viana (2013); Tardif (2002). Foram coletados dados entre professores e estudantes, através de entrevistas, grupo focal e observação. Um dos resultados mais relevantes desse processo foi a identificação de fatores internos e externos à escola como possíveis responsáveis pelas diferenças de qualidade entre os turnos matutino e vespertino. Como conclusão, o presente trabalho aponta para a necessidade de um conjunto de ações articuladas, abordando as dimensões: estrutural e sociopedagógica, que ocorrerão simultaneamente. Com a Intervenção Estrutural não será dado a apenas alguns alunos o direito de escolher o turno para estudar. A Intervenção sociopedagógica, será proposto aos professores um trabalho mais coletivo, participativo e motivador, pelo qual serão criadas mais oportunidades de interação e (re) conhecimento de culturas entre escola, famílias e comunidade.
ABSTRACT This Intervention Project presented as final result of the course Professional Master's in Education, Curriculum, Pedagogical Languages and Innovation, School of Federal University of Bahia Education, is a work of critical-reflective-propositional nature which had as its starting point the educational research in order to identify, study problems and recommending actions to collaborate with the change of observed reality. The research context is the Municipal College Eufrásio Vilela Gold, located in the urban area of the municipality of Ibititá-Ba, which provides primary education, given the exclusion, neglect and discrimination that mark, in particular students of evening shift differently students of the morning shift. The project objectives are to make recommendations directed to the improvement of educational quality in the morning and afternoon shift, taking as a starting point to study the causes of differences in the conditions and student performance between the two rounds. For the construction of the proposal, a survey was conducted studies on the differences in the quality of teaching and learning between the morning and afternoon shifts. He attempted to theoretical support in authors like Perrenoud (2001); Freire (2014); Gadotti, (2013); Bordieu Apud: John E Silva (2014); Nogueira, (1998); Viana (2013); Tardif (2002). Data were collected between teachers and students, through interviews, focus groups and observation. One of the most important results of this process was the identification of internal and external factors to the school as possible responsible for the differences in quality between the morning and afternoon shifts. In conclusion, this study points to the need for a set of coordinated actions, covering the dimensions: structural and sociopedagógica, which will occur simultaneously. With structural intervention will not be given to just a few students the right to choose the shift to study. Sociopedagógica with the intervention, will be offered to teachers a more collective, participatory and motivating work and will be more opportunities for interaction and (re) knowledge of cultures between school, families and community.
URI: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/18691
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado Profissional em Educação - Projeto de Intervenção (MPED)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
PROJETO DE INTERVENÇÃO - FINAL - IMPRESSÃO.pdf2.72 MBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA