DSpace

RI UFBA >
Faculdade de Educação >
Programa de Pós-Graduação em Educação (PPGE) >
Teses de Doutorado (PPGE) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/11847

Title: Educação médica: o desafio de sua transformação
Authors: Peixinho, André Luiz
???metadata.dc.contributor.advisor???: Freitas, Kátia Siqueira de
Keywords: Educação médica;Medicina - estudo e ensino
Issue Date: 2001
Abstract: As últimas décadas do século XX, no âmbito da saúde, caracterizaram-se pela crescente insatisfação dos usuários, dos profissionais e dos financiadores. Apesar do enorme avanço tecnológico na Medicina e da multiplicação de médicos e serviços, o impacto na população não parece ser significativo e a credibilidade do médico apresenta-se em declínio. Fenômeno equivalente acontece na educação médica; o modelo flexneriano, introduzido em 1910, demonstra insuficiências na formação humanística e crítica; a especialização não atende aos interesses da comunidade e admite-se o fracasso das escolas médicas em construir uma consciência social nos seus alunos. A crise na saúde e na educação médica é percebida por alguns pesquisadores como reflexo de uma crise paradigmática, entendida como questionamento de crenças, valores e atitudes que modelaram a própria ciência e a pedagogia. As novas contribuições epistemológicas e biopsicossociais são apresentadas como constituintes da emergência de um novo paradigma que, progressivamente, influencia a pedagogia dos currículos na área de saúde. O presente trabalho relata a experiência de transformação pedagógica da disciplina Clínica Propedêutica Médica I - MED ? 212, da Faculdade de Medicina (FAMED) da Universidade Federal da Bahia (UFBa), mediante a realização de uma pesquisa-ação. Inicialmente desenhamos o marco conceitual para a Educação Médica contemporânea, embasado nas tendências atuais dos movimentos pedagógicos e sociais na área de saúde; definimos a disciplina em termos de missão, objetivos, princípios pedagógicos, técnicas didáticas, modelo de avaliação e bibliografia. Para desenvolver nos docentes as qualidades necessárias, realizamos um curso intensivo abordando a visão contemporânea de mundo, homem e educação, as principais correntes pedagógicas do século XX e a proposta pedagógica para a CPMI, cuja aprendizagem foi aplicada através de ações transformadoras durante os dois semestres letivos de 1998. Constatamos uma evolução progressiva dos docentes na percepção do modelo educacional proposto, identificada pelo domínio de novas técnicas didáticas, maior dedicação ao planejamento e avaliação e vivência de novos conteúdos biopsicossociais. O impacto no corpo discente, mensurado através de questionários de avaliação, diários de campo e resultados em testes cognitivos, foi considerado positivo. Também foram construídos novos recursos auxiliares a exemplo do banco de questões. O sucesso da CPMI influenciou a FAMED sendo realizadas modificações em outras disciplinas. Um curso de Metodologia do Ensino Superior para a Área de Saúde, tendo como alunos 52 docentes de vários cursos da própria Universidade, financiado pela Fundação Kellog, foi realizado fundamentado no modelo pedagógico proposto; sua influência abrange várias disciplinas e reformas curriculares em processo. Novas possibilidades de aperfeiçoamento em educação médica poderão advir da criação do Núcleo de Pesquisas Educacionais em Saúde e da profissionalização docente.
Description: 256 f.
URI: http://www.repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/11847
Appears in Collections:Teses de Doutorado (PPGE)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Tese_A. L. Peixinho1.pdfParte 11.82 MBAdobe PDFView/Open
Tese_A. L. Peixinho2.pdfParte 21.24 MBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA