DSpace

RI UFBA >
Instituto de Letras >
Programa de Pós-Graduação em Língua e Cultura (PPGLINC) >
Dissertações de Mestrado (PPGLINC) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/10282

Title: Práticas de leitura e de escrita nas oficinas de letramento do programa mais educação: um olhar sobre a ação docente
Authors: Costa, Juliana de Almeida
Keywords: Língua portuguesa;Ensino;Letramento;Formação de professores;Escrita
Issue Date: 3-May-2013
Abstract: Tomando como ponto de partida as práticas de leitura e de escrita na perspectiva do Letramento, essa pesquisa, de caráter etnográfico, teve como objetivo principal investigar como as práticas de leitura e escrita são realizadas nas oficinas de letramento do Programa Mais Educação, programa implementado pelo governo nas escolas públicas estaduais da Bahia. A pesquisa de campo foi realizada, desse modo, nas Oficinas de Letramento do programa Mais Educação, de uma escola pública de Salvador, e teve como pontos de partida para as observações e as análises dois pressupostos básicos: como funciona a oficina de Letramento do Programa Mais Educação e como o professor/monitor desenvolve práticas de leitura e escrita nessas oficinas. A partir desses pressupostos, orientaram a investigação as seguintes perguntas de pesquisa: Como são trabalhadas a leitura e a escrita nas aulas das oficinas de letramento do Mais Educação? Que estratégias e instrumentos são utilizados? Qual o papel do professor monitor nas atividades desenvolvidas no Mais Educação e de que modo ele reflete as orientações do Programa? O que dizem os documentos oficiais que regem o Programa e como suas orientações são atendidas? Que tipo de estratégias, discutidas conjuntamente com a pesquisadora, podem contribuir para melhorar o trabalho dos professores monitores? O aporte teórico em que a pesquisa se baseia está apoiado em três pilares: a concepção de letramento; a concepção de língua como interação; a formação do professor como agente de letramento no processo de ensino/aprendizagem. O grupo de informantes contou com duas professoras, aqui denominadas monitoras. Os dados foram gerados a partir de registros em diário de campo, aplicação de questionário e análise de documentos e de atividades que foram realizadas. A investigação culminou com os seguintes achados nas práticas desenvolvidas em sala de aula do Programa Mais Educação: alunos desmotivados, aulas monótonas e sem qualquer caráter interacional, professores carentes de formação continuada e com dificuldades em desenvolver atividades de leitura e escrita de forma efetiva. A partir desse breve diagnóstico, constata-se que projetos dessa natureza, ao contrário de realizarem o seu papel de promotores do desenvolvimento de práticas efetivas de letramento na escola, continuam a reforçar e a reproduzir cenários de aprendizagem da língua que desmotivam e contribuem para a evasão escolar. Nota-se, desse modo, a necessidade da realização de ações que visem promover a formação docente continuada a fim de contribuir para a construção de uma prática pedagógica diária mais dinâmica e funcional, que atenda aos objetivos propostos por esse tipo de iniciativa governamental.
Description: 102 f.
URI: http://www.repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/10282
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado (PPGLINC)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Juliana de Almeida Costa.pdf874.52 kBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA