Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufba.br/handle/ri/35924
metadata.dc.type: Tese
Title: “Olha Brasília está florida, estão chegando as decididas": experiências de um feminismo rural no Brasil a partir da Marcha das Margaridas
Other Titles: "Look Brasilia is in bloom, the decided ones are coming": experiences of a rural feminism in Brazil from the Marcha das Margaridas
metadata.dc.creator: Sobreira, Dayane Nascimento
metadata.dc.contributor.advisor1: Aras, Lina Maria Brandão de
metadata.dc.contributor.referee1: Veiga, Ana Maria
metadata.dc.contributor.referee2: Guimarães Neto, Regina Beatriz
metadata.dc.contributor.referee3: Silva, Salete Maria da
metadata.dc.contributor.referee4: Amal, Teresa Cunha
metadata.dc.contributor.referee5: Aras, Lina Maria Brandão de
metadata.dc.description.resumo: Esta tese, assentada nas epistemologias feministas, em sua interface com as Ciências Sociais e a História, pretende elucidar as resistências feministas de mulheres do campo, das águas e da floresta no Brasil organizadas e autodenominadas como Margaridas. A Marcha das Margaridas é uma ampla ação de mulheres rurais que aglutina uma diversidade de experiências de resistência nos diferentes territórios. A partir da relação entre sindicalismo e feminismo, incide nas políticas públicas, pressionando os governos e exigindo respostas eficazes. As Margaridas, herdeiras de Margarida Maria Alves, líder sindical assassinada na Paraíba em 1983, constroem novas rotas para si e para a história dos movimentos de mulheres rurais no Brasil e na América Latina, cujas raízes remontam aos interiores do Brasil nas últimas décadas do século XX e para as brigas travadas nos sindicatos, associações e nas próprias famílias por espaço, participação e autonomia sobre seus corpos, suas vidas e seus entornos. A partir do método histórico, da história oral e de uma etnografia feminista realizada na sexta edição da Marcha, ocorrida em agosto de 2019, e no seu processo preparatório e de avaliação, viso tecer histórias contemporâneas protagonizadas por mulheres rurais – em suas muitas feições, sotaques e origens –, cujos efeitos são sentidos no âmbito individual e coletivo em busca de justiça social e do bem viver e que se refletem na construção de uma plataforma política das Margaridas e de um feminismo rural no Brasil.
Abstract: This thesis, based on feminist epistemologies, in its interface with Social Sciences and History, intends to elucidate the feminist resistance of rural, water and forest women in Brazil, organized and self-styled as Margaridas. The Marcha das Margaridas is a broad action by rural women that brings together a diversity of resistance experiences in different territories. Based on the relationship between trade unionism and feminism, it focuses on public policies, putting pressure on governments and demanding effective responses. The Margaridas, heirs of Margarida Maria Alves, a union leader murdered in Paraíba in 1983, build new routes for themselves and for the history of rural women's movements in Brazil and Latin America, whose roots go back to the interiors of Brazil in the last decades of the 20th century and to the fights fought in unions, associations and in the families themselves for space, participation and autonomy over their bodies, their lives and their surroundings. Based on the historical method, oral history and a feminist ethnography carried out in the sixth edition of the March, which took place in August 2019, and in its preparatory and evaluation process, I aim to weave contemporary histories starring rural women – in its many features, accents and origins – whose effects are felt at the individual and collective level in search of social justice and good living and which are reflected in the construction of a political platform for Margaridas and rural feminism in Brazil.
Keywords: Movimentos de Mulheres Rurais
Marcha das Margaridas
Feminismo Rural
Experiências
Resistências
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS
CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS
CNPQ::OUTROS
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal da Bahia
metadata.dc.publisher.initials: UFBA
metadata.dc.publisher.department: Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas (FFCH)
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Estudos Interdisciplinares sobre Mulheres, Gênero e Feminismo (PPGNEIM) 
Citation: SOBREIRA, Dayane Nascimento. “Olha Brasília está florida, estão chegando as decididas”: experiências de um feminismo rural no Brasil a partir da Marcha das Margaridas. Orientadora: Lina Maria Brandão de Aras. 2022. 217f. il. Tese (Doutorado em Estudos Interdisciplinares sobre Mulheres, Gênero e Feminismo) – Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas, Universidade Federal da Bahia, Salvador, 2022.
URI: https://repositorio.ufba.br/handle/ri/35924
Issue Date: 22-Apr-2022
Appears in Collections:Tese (PPGNEIM)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TESE2 - DAYANE NASCIMENTO SOBREIRA.pdf6,14 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.