DSpace

RI UFBA >
Faculdade de Educação >
Programa de Pós-Graduação Multidisciplinar e Multi-institucional em Difusão do Conhecimento (DMMDC) >
Teses de Doutorado (DMMDC) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/32333

Title: Filosofar e educar: a busca da subjetividade nas ciências
Authors: Cassol, Nilvo Luiz
???metadata.dc.contributor.advisor???: Oliveira, Eduardo Chagas
???metadata.dc.contributor.advisor-co???: Galeffi, Dante Augusto
Keywords: Epistemologia;Complexidade (filosofia);Subjetividade;Existencialismo;Filosofia – educação;Epistemology;Complexity (philosophy);Subjectivity;Existentialism;Philosophy – education
Issue Date: 15-Oct-2020
Abstract: O propósito deste estudo é apresentar uma discussão entre o conhecimento científico, sua formação e consequências para a contemporaneidade, tendo como instrumento de investigação a reflexão filosófica. O objetivo é elaborar uma proposição filosófica polilógica que privilegie a subjetividade na ciência para a formação do ser integral, tendo em vista a complexidade e a multidimensionalidade da condição humana. Buscou-se oportunizar equilíbrio entre as potências do pensamento e os valores introjectados no interior de cada ser humano que motivam as ações e estes motivos não são únicos, podem ser racionais, intuitivos, afetivos, instintivos, ou mesmo imaginários, perpassando uma pluralidade de motivações que transcende a unidade da razão, pois através da reflexão filosófica própria e apropriada, podemos valorizar a razão implicada e evidenciar os diversos campos de conhecimento. A metodologia fundamentou-se em fontes bibliográficas, numa epistemologia fenomenológica existencial, implicada, dialogando com as diversidades dos saberes, não apenas em construções formalistas ou teoréticas, mas pela significação da nossa essência existencial, já que o conhecer que perseguimos não se reduz a um único aspecto, nessa construção voltada para pluralinearidade e a multiplicidade dos fenômenos. A intencionalidade é priorizar poliexistência do ser, em sua real convivência, pois entendemos que é nesta diversidade humana que se constitui um dos principais tesouros da humanidade. A proposição do filosofar e educar é apontar, abrir possibilidades, frestas, para uma nova epistemologia sob as bases da complexidade, transdisciplinaridade, impulsionados pela subjetividade, não apenas do sujeito racional, mas que se apoie em uma tessitura múltipla, e um ser (sujeito) encarnado. Isto, a partir de novas bases cognoscitivas, deste filosofar próprio e apropriado, de abertura para o conhecimento polilógico, polissêmico, numa polifonia de vozes para potencializar a abundância criadora de nossa existência.
ABSTRACT The purpose of this study is to present a discussion between scientific knowledge, its formation and consequences for contemporary times, using philosophical reflection as an investigation tool. The objective is to elaborate a polylogical philosophical proposition that privileges subjectivity on science for the formation of the integral being, in view of the complexity and multidimensionality of the human condition. We sought to provide a balance between the powers of thought and the values introjected into each human being that motivate actions and these reasons are not unique, they can be rational, intuitive, affective, instinctive, or even imaginary, passing through a plurality of motivations which transcends the unity of reason, because through an appropriate philosophical reflection itself , we can value the reason involved and highlight the different fields of knowledge. The methodology was based on bibliographic sources, on an existential phenomenological epistemology, implicated, dialoguing with the diversity of knowledge, not only on formalist or theoretical constructions, but on the significance of our existential essence, since the knowledge we pursue is not reduced to a unique aspect, in this construction aimed at plurilinearity and the multiplicity of phenomena. The intentionality is to prioritize the human being polyexistence, in its real coexistence, because we understand that in this human diversity lies one of the main treasures of humanity The proposition of philosophizing and educating is to point, open possibilities, gaps , for a new epistemology, under the bases of complexity, transdisciplinarity, pushed by subjectivity, not only of the rational subject, but that is based on a multiple texture, an incarnated human being (subject) . This, based on new cognitive bases, of this own and proper thinking, opening to polylogical, polysemic knowledge, on polyphony of voices to enhance the creative abundance of our existence.
URI: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/32333
Appears in Collections:Teses de Doutorado (DMMDC)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Tese Nilvo Luiz Cassol revisada.pdf1.34 MBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA