DSpace

RI UFBA >
Instituto de Letras >
Trabalhos de Conclusão de Curso – TCC (Letras) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/32035

Title: QUE CABELO É ESSE: UMA ANÁLISE DIALÓGICA DO SIGNO CABELO CRESPO
Authors: Bispo, Jeane de Jesus
???metadata.dc.contributor.advisor???: Silva, Adriana Pucci Penteado de Faria e
Keywords: Cabelo crespo;Relações dialógicas;Análise do Discurso;Bakhtin, Mikail;Análise Dialógica do Discurso;Identidade negra;Negros - Educação
Issue Date: 13-Jul-2020
Abstract: Neste trabalho, objetivamos analisar os enunciados que circulam sobre o cabelo crespo na esfera publicitária. Para que possamos compreender os discursos atuais é necessário que conheçamos alguns fatos importantes que estão relacionados com a estética negra. A teoria que embasa este trabalho é a Análise Dialógica do Discurso ou Análise Bakhtiniana do Discurso. Como nosso objeto de estudo é um signo ideológico para uma determinada comunidade e, portanto, um signo de cultura e constituinte da identidade negra, faz-se necessário apresentarmos, também, tais conceitos. A análise contempla dois folhetos do Instituto Beleza Natural, que recebem o nome “Segredinhos da Zica”. Os folhetos que serão analisados foram intitulados por nós como: “Não é mega, é meu!” e “Na onda do blackpower!”. Verificando os sentidos que os discuros presentes nesses folhetos, entendidos como enunciados verbo-viuais podem fazer circular, destacamos aqueles que dialogam diretamente com enunciados presentes em diversas esferas da atividade humana e que reforçam o estereótipo do cabelo crespo como algo ruim e que precisa ser melhorado.
URI: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/32035
Appears in Collections:Trabalhos de Conclusão de Curso – TCC (Letras)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Que cabelo é esse_Uma análise dialógica do signo cabelo crespo.pdf852.48 kBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA