DSpace

RI UFBA >
Instituto de Letras >
Programa de Pós-Graduação em Língua e Cultura (PPGLINC) >
Teses de Doutorado (PPGLINC) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/29879

Title: Estudo histórico-comparativo da prefixação no galego-português e no castelhano arcaicos (séculos XII a XVI): aspectos morfolexicais, semânticos e etimológicos
Authors: Lopes, Mailson dos Santos
???metadata.dc.contributor.advisor???: Coelho, Juliana Soledade Barbosa
???metadata.dc.contributor.advisor-co???: Rio-Torto, Graça Maria de Oliveira e Silva
Keywords: Prefixação;Morfologia histórico-comparativa;Línguas ibero-românicas;Galego-português arcaico;Castelhano arcaico
Issue Date: 18-Jun-2019
Abstract: A tônica desta tese doutoral consiste em apresentar o cerne de um estudo histórico-comparativo sobre a lexicogênese prefixal observada no galego-português e no castelhano em seu arco temporal arcaico (séculos XIII a XVI), assente em um lastro empírico representativo, constituído por vocábulos derivados (herdados do latim ou gerados no vernáculo), extraídos ― com o auxílio do programa WordSmith Tools 4.0 e através de leitura verbo ad verbum ― de quase 30 mil linhas de uma centena de documentos remanescentes, de natureza textual-discursiva variada. Visando a uma percepção integrada e panorâmica do fenômeno da prefixação, primeiramente apresentamos sua contextualização nos dois sistemas novilatinos enfocados, em suas sincronias medievais, para os quais adumbramos um conspecto histórico. Daí, inflectimos para três grandes blocos teóricos, relativos, respectivamente, a uma revisitação ao método histórico-comparativo e à linguística românica, a uma apreciação crítica das principais premissas da morfologia histórica e (sócio)cognitiva, e, principalmente, a uma incidência sobre o implexo fenômeno da prefixação, claramente imerso em contextos de continua semântico-morfolexicais. Desse conjunto teórico, passamos à exposição da rota epistemológico-metodológica percorrida para o adequado desenvolvimento da proposta investigativa, apontando todos os caminhos que traçamos nesse desbravamento sobre a formação de palavras em línguas ibero-românicas medievais. Por fim, com a análise vertical e horizontal dos dados, chegamos ao núcleo do estudo, que traz em si uma apreciação diacrônico-comparada sobre cada formante prefixal detectado nos corpora empíricos explorados, com uma proposta de delineamento dos paradigmas prefixais dos sistemas linguísticos em tela, em sua configuração medieval, bem como da sinalização dos aspectos fundamentais de um cotejo entre tais conjuntos paradigmáticos, imersos em fluxos e refluxos, perdas e ganhos, arcaizações e inovações, variação e mudança. Da incidência sobre o comportamento formal e semântico-funcional de cada antepositivo, com a sua subordinação às relações entre léxico e processos cognitivos, como a metáfora, a metonímia e a perspectivização, cremos que o estudo logrou apropinquar-se a alguma captação das tensões no léxico arcaico (e sua inflexão ao léxico hodierno), moldadas entre, de um lado, forças e componentes conservadores, mais próximos à matriz genolexical latina (que permaneceram ou não na língua em seu devir histórico) e, de outro, forças e componentes inovadores, representados pelas criações lexicais próprias, que, apesar de estarem incluídas nas possibilidades do sistema, apontam para novas semantizações e novos empregos gramaticais.
This doctoral dissertation aims to present a historical-comparative study about the core prefixal lexicogenesis of the Galician-Portuguese and the arcaic Castilian (from the 13th to the 16th century), supported by a representative empirical database of derived terms (inherited from Latin or generated through the vernacular), extracted with the WordSmith Tools 4.0 program and through the reading verbo ad verbum of almost 30 thousand lines of a hundred of remaining documents, with a diverse textual-discursive nature. Aiming at an integrated and panoramic perception of the prefixation phenomenon, we first present its contextualization in the two focused novilatin systems, in their medieval synchronies. Thenceforth, we present three great theoretical blocks, containing a revisitation to the historical-comparative method and the Roman linguistics, a critical analysis of the main premises of historical and (socio)cognitive morphology, and mainly an emphasis on the phenomenon of prefixation, clearly immersed in contexts of continuous semantic-morpholexics. After this set of theoretical approaches, we expose the epistemological-methodological route relevant to the research proposal, pointing out all the paths we draw in this exploration of the word’s formation in medieval Ibero-Roman languages. Finally, with the vertical and horizontal analysis of the data, the nucleus of the study brings a diachronic-compared appreciation on each prefixal formant detected in the empirical corpora, with a proposal of delineation of the prefixal paradigms of the linguistic systems in their medieval configurations, as well as the signaling of the fundamental aspects of a comparison between such paradigmatic sets, immersed flows and ebbs, losses and gains, archaizations and innovations, variation and change. The foucs on the formal and semantic-functional behavior of each affixal element located on the left side of the word (prefixes) with its subordination to the relations between lexicon and cognitive processes, such as metaphor, metonymy and perspectivization, we believe that the study captures the main tensions in the archaic lexicon (and its inflection to the current lexicon), molded between, from one side, conservative forces and components, closer to the Latin genolexical matrix (which remained or not in the language) and on the other side, innovative forces and components, represented by the own lexical creations, which, although included in the possibilities of the system, point to new grammar and new grammatical uses.
URI: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/29879
Appears in Collections:Teses de Doutorado (PPGLINC)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
TESE - Mailson Lopes - 2018 - Versão Definitiva - Arquivo dos 5 tomos unificados.pdf24.69 MBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA