DSpace

RI UFBA >
Instituto de Letras >
Programa de Pós-Graduação em Língua e Cultura (PPGLINC) >
Teses de Doutorado (PPGLINC) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/26648

Title: “SOU DO CANDYALL GUETHO SQUARE, SOU DO MUNDO E TENHO ALGO PARA LHE FALAR”: A CONTAÇÃO DE HISTÓRIAS COMO AÇÃO SOCIAL NAS AULAS DE INGLÊS COMO LÍNGUA FRANCA (ILF) NO CANDEAL
Authors: Santos, Kelly Barros
???metadata.dc.contributor.advisor???: Scheyerl, Denise Chaves de Menezes
Keywords: Contação de histórias;Inglês como Língua Franca (ILF);Cidadania;Política;Identidade;Lingua inglesa - Estudo e ensino.
Issue Date: 19-Jul-2018
Abstract: Antunes (2009) atesta que a língua é uma atividade social para fins de interação, mas que, além disso, deve ser encarada como um elemento que favorece a participação crítica e consciente dos usuários. Subjacente a essa teoria, a autora vem fornecer o argumento que justifica o presente estudo: “O que é o saber se disso a comunidade não se aproveita?” (ANTUNES, 2009, p. 65). Diante disso, acredito que este trabalho, a partir das premissas da Linguística Aplicada que defende um ensino de língua estrangeira crítico e reflexivo, se justifica por intencionar estabelecer um compromisso social entre os alunos da ONG Pracatum-Inglês e a comunidade do Candeal em Salvador-Ba. Através do pesquisador, no seu papel de mediador cultural, os aprendizes foram incentivados a se engajar na atividade intercultural de contar histórias que fizeram parte da construção identitária dos interlocutores. Em se tratando do caráter intercultural da atividade e sua relação com o status do inglês como língua franca (doravante ILF), isso parece favorecer o indivíduo local a negociar valores linguísticos e culturais a partir de uma consciência política que o faz perceber a necessidade de um movimento de acessibilidade e de democratização da língua (SIQUEIRA, 2011). Afinal de contas, conceber o ILF não se trata somente de poder se sentir usuário ativo e contribuinte da língua, mas essa concepção traz também implicações sociais e, da mesma maneira, pode vir a promover o exercício da cidadania. De posse dessa bagagem histórica, para podermos viajar juntos pelas ruas da comunidade do Candeal, é necessário compreender que a motivação para esta pesquisa partiu do meu interesse em mobilizar os alunos favorecidos pelas iniciativas da ONG Pracatum-Inglês a dividir seu aprendizado em ILF com as crianças das creches e escolas de ensino infantil da comunidade, através de um projeto de contação de histórias adaptadas para o cotidiano dos pequenos ouvintes.
Antunes (2009) states that language is a social activity for the purpose of interaction, but that, moreover, it should be seen as an element that favors the critical and conscious participation of users. Underlying this theory, the author comes up with what seems to be the argument that justifies the present study: "What is this knowledge for if the community does not take advantage of it?" (ANTUNES, 2009) p. 65). Given this, I believe that this study, based on the premises of Applied Linguistics that advocates a critical and reflective foreign language teaching, is justified by the intention to establish a social commitment between the students of the NGO Pracatum-English and the community of Candeal in Salvador-Ba, Brazil. Through the researcher, in his/her role of cultural mediator, learners will be encouraged to engage in the intercultural activity of storytelling that will be part of the identity building of the interlocutors. In relation to the intercultural character of the activity and its relation to the status of English as a Lingua Franca (hereinafter referred to as ELF), they seem to favor this local citizen to negotiate linguistic and cultural values from a political conscience that makes him/her realize the need for a movement of accessibility and democratization of language (SIQUEIRA, 2011). After all, designing ELF is not only about being able to feel an active and contributing user of the language, but this conception also has social implications and, in the same way, it can promote the exercise of citizenship. With this historic baggage in mind, in order to be able to travel through the streets of the Candeal community, it is necessary to understand that the core of this research is to try to mobilize the students favored by the initiatives of the NGO Pracatum-English to share their learning in ELF with the children of day care centers and schools of the community education, through a project of storytelling adapted to the daily life of these small listeners.
URI: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/26648
Appears in Collections:Teses de Doutorado (PPGLINC)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Tese KBS versão final 29-01-2018.pdf11.99 MBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA