DSpace

RI UFBA >
Instituto de Humanidades, Artes e Ciências Professor Milton Santos - IHAC >
Programa de Pós-Graduação em Estudos Interdisciplinares Sobre a Universidade (PPGEISU) >
Dissertações de Mestrado (PPGEISU) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/24478

Title: Caminhos da Internacionalização Universitária: o caso da UFRB
Authors: Santos, Renata Conceição dos
???metadata.dc.contributor.advisor???: Santos, Georgina Gonçalves dos
???metadata.dc.contributor.advisor-co???: Almassy Junior, Alexandre Américo
Keywords: Internacionalização;Ensino superior;Gestão
Issue Date: 31-Oct-2017
Abstract: A internacionalização do ensino superior se constitui em um elemento presente nos mais relevantes centros de ensino, ao longo da história, tendo tido destaque, sobretudo, nas universidades europeias e alcançado sua consolidação a partir dos ideais positivistas e racionalistas, legados pelas concepções pós-iluministas que se estendem até os séculos XVIII e XIX. O ápice da internacionalização universitária ocorreu após a década de 70 do século XX, em consequência das muitas transformações sociais da vida dos indivíduos, provocadas, primordialmente, por avanços tecnológicos. Este fenômeno tem sido ressignificado e, na atualidade, passou a ser compreendido como um dos principais elementos para o desenvolvimento da ciência e da tecnologia, tendo se intensificado em observância da centralidade que o conhecimento vem adquirindo nos processos de produção, ganhando novos contornos em virtude da massificação do ensino superior, do processo de integração europeia e da globalização econômica e da sociedade. Neste estudo, a internacionalização universitária é compreendida como um processo no qual se integra uma dimensão internacional, intercultural ou global nos propósitos, funções e oferta de educação pós-secundária nos níveis nacional, setorial e institucional. A presente investigação compreende um estudo de caso sobre o processo de internacionalização da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), tendo como objetivos compreender o papel da internacionalização em uma instituição circunscrita pelo processo de interiorização do ensino superior, identificar os avanços e limitações da institucionalização da dimensão internacional e analisar os reflexos desse fenômeno para a comunidade acadêmica. Trata-se de uma pesquisa qualitativa, construída de forma implicada, cujo método elencado para a investigação foi o estudo de caso. A etnografia institucional, abordagem que busca um entendimento dos elementos institucionais com base na realidade dos envolvidos e suas concepções acerca do contexto em estudo, se constituiu em aporte teórico desta investigação. Para produção de dados, foram utilizadas a observação participante, diário de campo, entrevistas e análise documental. Foram entrevistados membros da comunidade acadêmica, quais sejam, docentes, discentes, gestores e técnico-administrativos. O principal propósito foi o de remontar os caminhos da dimensão internacional, compreendendo seus significados para a comunidade acadêmica, a partir das análises dos sujeitos e utilizando-se do modelo teórico do ciclo da internacionalização universitária. A análise dos dados demonstrou que as fragilidades da dimensão internacional na instituição perpassam a ausência de conscientização, planejamento e envolvimento da comunidade acadêmica, carecendo de uma política institucionalizada. A pesquisa permitiu abordar a gestão da internacionalização da UFRB, demonstrando que tal processo deve ser estruturado de forma sistêmica e pensado a longo prazo; portanto, seu projeto deve ser construído, de forma coletiva, com propósitos bem definidos e que dialoguem com a dimensão local e com os valores e missão institucionais.
The internationalization of higher education has been a common element in the most important centers of education throughout history, being especially important in European universities and having its consolidation thanks to the positivist and rationalist ideals, bequeathed by the post-Enlightenment conceptions that extend to the eighteenth and nineteenth centuries. The apex of university internationalization occurred after the 70s decade of twentieth century, as consequence of many social transformations of people’s lives that were caused by, primordially, technological advances. This phenomenon has been resignified and, nowadays, it started to be understood as one of the main elements for the science and technology development, being intensified in the observance of the centrality that knowledge has been acquiring in the production processes, gaining new contours because of the massification of higher education, the process of European integration and, economic and society globalization. In this study, a university internationalization is an international, interactive or global service in the post-secondary education purposes, functions and offers at the national, sectorial and institutional levels. This present research comprises a case study about the internationalization process of the Federal University of the Recôncavo of Bahia (UFRB), aiming to understand the role of internationalization in an institution circumscribed by the process of internalization of higher education, to identify the advances and limitations of institutionalization of the international dimension, and to analyze the reflexes of this phenomenon for the academic community. It is a qualitative research, built in an implicated way, whose method used for researching was the case study. The institutional ethnography, which is an approach that seeks an understanding of institutional elements based on the reality of those involved and their conceptions about the context under study, constituted a theoretical contribution of this research. For data production, participants’ observation, field diary, interviews and documentary analysis were used. Members of the academic community, professors, students, managers and technical-administrative staff were interviewed. The main purpose was to retrace the paths of the international dimension, understanding its meanings for the academic community, based on the analysis of the subjects and using the theoretical model of the university internationalization cycle. The analysis of the data showed that the fragility of the international dimension in the institution permeates the lack of awareness, planning and involvement of the academic community, demanding an institutionalized policy. The research allowed approaching the management of the internationalization of the UFRB, demonstrating that the internationalization process must be structured in a systemic way and long-term planned; therefore, its project need to be built, collectively, with well-defined purposes that dialogue with the local dimension and institutional values and mission.
URI: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/24478
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado (PPGEISU)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Dissertação RENATA CONCEIÇÃO DOS SANTOS FINAL 30.10.pdf1.51 MBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA