DSpace

RI UFBA >
Instituto de Ciências da Saúde - ICS >
Programa de Pós-Graduação em Processos Interativos dos Órgãos e Sistemas (PPGORGSISTEM) >
Artigos Publicados em Periódicos (PPGORGSISTEM) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/22726

Title: Avaliação da presença de resíduos de tetraciclinas em amostras de mel comercializadas no estado da Bahia
Other Titles: Revista de Ciências Médicas e Biológicas
Authors: Monteiro, Gisele Vivas Tosta Aguiar
Santos, Hilda Costa dos
Guerreiro, Renata de Souza
Rêgo, Fernando Luiz Trindade
Keywords: Tetraciclina;Resíduos de mel;Radioimunoensaio;Resíduos de tetraciclina
Issue Date: May-2010
Publisher: Instituto de Ciências da Saúde/ Universidade Federal da Bahia
Citation: R. Ci. méd. biol., v. 9, n. 2, p. 102-107, 2010.
Abstract: O mel é conhecido mundialmente como um produto natural, e sua imagem está diretamente associada à saúde. Entretanto, as colmeias de abelhas melíferas estão sujeitas a doenças, como a Cria Pútridas Americana (CPA) e Europeia (CPE) e a Varroatose. A prevenção dessas doenças é realizada com a aplicação de antibióticos na colmeia durante a primavera; eles podem ainda ser adicionados diretamente às plantas, no período da florada. Esses procedimentos geram um alto risco dos resíduos serem carreados até o mel, e essa presença como contaminantes é causa de preocupação, devido à possibilidade de ocorrência de reações alérgicas ou tóxicas em consumidores e do surgimento de cepas microbianas resistentes a esses medicamentos. Embora o uso de antimicrobianos não seja usual no Brasil, os apicultores necessitam comprovar a segurança e a inocuidade do seu produto junto aos clientes externos, especialmente para os países da União Europeia. Com o objetivo de detectar a presença de resíduos de tetraciclinas no mel comercializado no Estado da Bahia, foram analisadas 13 amostras por meio de radioimunoensaio, utilizando-se o método desenvolvido pela Charm Sciences. Todas as amostras apresentaram resultados negativos para resíduos de Tetraciclina, Oxitetraciclina e Clortetraciclina, com limites de detecção de 15μg Kg-1, 20μg Kg-1 e 10μg Kg-1, respectivamente.
URI: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/22726
ISSN: 1677-5090
Appears in Collections:Artigos Publicados em Periódicos (PPGORGSISTEM)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
3_v.9_2.pdf322.7 kBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA