DSpace

RI UFBA >
Instituto de Geociências >
Programa de Pós-Graduação em Geografia (POSGEO) >
Dissertações de Mestrado (POSGEO) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/20149

Title: O bairro na cidade corporativa: um estudo sobre o bairro Valéria
Authors: Silva, Gilma Brito da
???metadata.dc.contributor.advisor???: Silva, Maria Auxiliadora da
Keywords: Espaço;Cidade corporativa
Issue Date: 26-Aug-2016
Abstract: Resumo O bairro apresenta uma intrínseca relação com o desenvolvimento das cidades. Desde os primeiros aglomerados citadinos até o que se conhece da organização das cidades hoje, o bairro tem experimentado diversas conotações. Tais concepções denotam desde um espaço em que as relações cotidianas se desenvolviam em sua plenitude, a partir da estrutura patriarcal das cidades coloniais, cercadas por muros e apresentando coesas relações de vizinhança; até a sua promulgada morte na cidade do capitalismo moderno. Estas são as nuances das discussões que permeiam o bairro e denotam a complexidade dos processos que envolvem o tema que está longe de esgotar sua abordagem. O presente trabalho se ocupará da análise dessa escala a partir de sua relação com a organização da cidade, nos seus aspectos econômicos e sociais, tendo como interface a cidade do Salvador, dando ênfase às transformações ocorridas a partir da década de 1960, período que marca a inserção de Salvador num novo modelo econômico, formalizado pela consolidação da modernização industrial. No bojo deste processo também se deu a modernização do tecido urbano da cidade. A materialização desta nova cidade pôde ser verificada na realização de obras de infraestrutura urbana, principalmente no que tange a reestruturação da circulação (construção de vias estruturantes); na mudança nos padrões de ocupação da cidade, em direção às áreas de vazios urbanos localizados nas áreas periféricas da cidade; e na apropriação privada do solo urbano pelo mercado imobiliário como resultado da flexibilização da legislação urbanística. O quadro que se estabelece na cidade de Salvador é de modernização por um lado, e fragmentação por outro. Enquanto áreas da cidade são integradas ao processo, outras estão à margem, compondo um contingente de excluídos dos serviços urbanos fundamentais. Como demonstrativo desse quadro está o bairro Valéria, gestado em meio a expansão da Salvador moderna da década de 1960, na condição de periferia geográfica e social, carregando as desigualdades inerentes a uma metrópole tipicamente subdesenvolvida como é Salvador.
Abstract The neighborhood presents an intrinsic relationship with the development of cities. Since the first urban clusters until what is known from the organization of cities today, the neighborhood has experienced several connotations. Such conceptions denote since a space where the daily relations were developed in its entirety, from the patriarchal structure of the colonial cities, surrounded by walls and presenting cohesive neighborhood relations, until its enacted death in city of modern capitalism. These are the nuances of the discussions which permeate the neighborhood and denote the complexity of the processes that involve this subject which is far from exhausting its approach. This paper will deal with the analysis of this scale from its relationship with the organization of the city, in its economical and social aspects, having as interface the city of Salvador, emphasizing the changes occurred since the 1960s, period that marks the insertion of Salvador in new conomical model, formalized by the consolidation of industrial modernization. At the core of this process, also happened the modernization of the urban space. The materialization of this new city could be verified in realization of urban infrastructure work, especially regarding the restructuring of movement (construction of structural roads); the changing of occupation patterns of the city, towards the urban areas of voids located in peripherical areas of the city; and the private ownership of urban land by the housing market as the result of the easing of planning law. The frame that establishes at the city of Salvador is the modernization by one side, and fragmentation by the other. While city areas are integrated into the process, others are on the sidelines, composing a contingent of excludeds to basic urban services. As a demonstration of this framework is the neighborhood of Valéria, gestated in the middle of the expansion of modern Salvador in the 1960s, at the condition of geographic and social periphery, carrying the inequalities inherent to a metropolis typically underdeveloped as Salvador is.
URI: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/20149
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado (POSGEO)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Gilma_Brito_Silva_Dissertacao_Final.pdf4.55 MBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA