DSpace

RI UFBA >
Instituto de Humanidades, Artes e Ciências Professor Milton Santos - IHAC >
Programa Multidisciplinar de Pós-Graduação em Cultura e Sociedade (Poscultura) >
Dissertações de Mestrado (Poscultura) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/15652

Title: Farinhada e identidade sertaneja: estudo de caso da produção de farinha de mandioca na Comunidade de Lagoa do Saco-Monte Santo-BA
Authors: Coutinho, Andrea Lima Duarte
???metadata.dc.contributor.advisor???: Cardel, Lídia Maria Pires Soares
Keywords: Farinhada;Campesinato;Hábitos Alimentares;Técnica;Identidade Sertaneja
Issue Date: 19-Aug-2014
Abstract: Esta dissertação intentou investigar a produção e o consumo da farinha de mandioca e sua relação com a identidade sertaneja da comunidade camponesa da Lagoa do Saco,localizada no município de Monte Santo-BA. Foi levado em conta: por um lado, a produção familiar desta comida considerada “alimento-base” dos mais diversos grupos sociais espalhados pelo Brasil, assim como a dimensão simbólica dessa produção e a relação desta com a identidade de um grupo específico. Para tanto, alguns aspectos foram enfatizados, como: os estudos e relatos sobre a presença da farinha de mandioca,o trabalho camponês, a memória gustativa e o prazer do consumo da farinha, a reciprocidade notada nas relações sociais envoltas na produção da farinha, a comensalidade durante o evento da Farinhada e a noção de pertencimento do grupo em questão. Portanto, este registro foi elaborado a partir da abordagem do evento da Farinhada e a produção de farinha de mandioca enquanto elementos que demarcam a identidade sertaneja em uma determinada comunidade do semi-árido baiano. Durante a investigação, foi realizada pesquisa de campo espaçada in locu com observação participante do cotidiano, do trabalho, da produção de farinha, dos hábitos alimentares dos moradores e moradoras da Lagoa do Saco. O foco principal da observação foi o processo de construção de identidades culturais e representações sociais.
This Master's thesis purpose to investigate the production and consumption of cassava flour and its relationship with the sertaneja identity of the Lagoa do Saco peasant community, located in the Monte Santo County, in Bahia. It was taken into account: first all, the family production of this regime considered "basic foodstuff" of various social groups spread all over Brazil, as well as the symbolic dimension of this production and its relationship with the production and the identity of a specific group. Therefore, some aspects were emphasized, such as: the studies and reports on the presence of cassava flour, the peasant labor, the taste memory, the pleasure of the flour consumption, the reciprocity in the social relations surrounded in the flour production, the commensally during the event of the Farinhada and the notion of belonging of the group. Thus, this record was drawn from the approach of the event of the Farinhada and the production of cassava flour as elements that mark the sertaneja identity in a specific community in the Bahia's semi-arid region. During the investigation, was realized a field research in locus with participant observation of daily lives, of the work, of the production of flour, the eating habits of residents of Lagoa do Saco. The main focus of observation was the process of cultural identities construction and social representations.
URI: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/15652
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado (Poscultura)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Dissertação Andrea PDF.pdf6.97 MBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA