DSpace

RI UFBA >
Escola de Enfermagem >
Programa de Pós-Graduação em Enfermagem (PPGENF) >
Dissertações de Mestrado (PPGENF) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/11534

Title: A satisfação no trabalho em auditoria de Enfermagem
Authors: Jesus, Elcimara Amorim de
???metadata.dc.contributor.advisor???: Tahara, Ângela Tamiko Sato
Keywords: Satisfação no trabalho;;Enfermeira;;Auditoria.
Issue Date: 29-May-2013
Abstract: O trabalho exerce um importante papel em nossas vidas, a satisfação no trabalho é um fenômeno complexo por ser relacionado a vários fatores que variam de pessoa para pessoa. O grau de satisfação no trabalho pode variar significativamente entre profissões e, inclusive, entre especialidades dentro de uma mesma profissão. A auditoria de enfermagem, recentemente reconhecida como uma especialidade da enfermagem, tem atraído muitas enfermeiras que, em busca de novas oportunidades de trabalho estão exercendo a auditoria muitas vezes como sua principal atividade profissional. Para avaliar a satisfação no trabalho em auditoria de enfermagem realizou-se um estudo descritivo com abordagem quantitativa, que teve como objetivo geral avaliar a satisfação no trabalho de enfermeiras que atuam em auditoria interna em hospitais de Salvador. A coleta de dados processou-se em dois hospitais gerais, privados, um de médio porte e outro de grande porte. Os dados foram coletados através do questionário de Levantamento Diagnóstico do Trabalho – LDT, baseado no modelo das características do trabalho formulado por Hackman e Oldham, que foi traduzido e validado para o português por Rodrigues em 1994. A amostra foi composta por 20 enfermeiras auditoras, todas do sexo feminino, com idade entre 25 e 45 anos, com média de 10 anos de formadas e média de 3 anos de atuação em auditoria.. A análise dos dados deste estudo revelou que as auditoras estudadas estão satisfeitas com o trabalho em auditoria, sendo que, dos itens avaliados, os que tiveram maior significância, em ordem decrescente, foram: a Significância Percebida do Trabalho, os Contatos provenientes do trabalho, o Conhecimento dos Resultados do Trabalho, a Satisfação com o Ambiente Social, com a Supervisão, o Significado da Tarefa, a Necessidade de Crescimento Profissional. As auditoras pesquisadas estão menos satisfeitas com o Feedback extrínseco do trabalho e demonstraram um baixo Potencial de Motivação no trabalho em auditoria.
URI: http://www.repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/11534
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado (PPGENF)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Dissertação_Enf_ Elcimara de Jesus.pdf761.66 kBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA