DSpace

RI UFBA >
Instituto Multidisciplinar em Saúde (IMS) >
Programa Multicêntrico de Pós-Graduação em Ciências Fisiológicas (PMPGCF) >
Dissertações de Mestrado (PMPGCF) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/10445

Title: Avaliação da atividade antimicrobiana do extrato etanólico da folha de Phanera flexuosa (Moric.) L. P. Queiroz (Caesalpinioideae) e da inibição de fatores de virulência de Staphylococcus aureus resistentes a antibióticos
Authors: Faria, Raimundo Nonato
???metadata.dc.contributor.advisor???: Yatsuda, Regiane
Marques, Lucas Miranda
Keywords: Plantas Medicinais – Phanera flexuosa (Moric.);Farmacorresistência Bacteriana - Staphylococcus aureus - MRSA
Issue Date: 6-May-2013
Abstract: O Staphylococcus aureus é um patógeno envolvido em infecções noscomiais e comunitárias. O objetivo deste estudo foi analisar in vitro a atividade antimicrobiana do extrato etanólico da folha de Phanera flexuosa (Moric) L.P.Queiroz (EFPF), conhecida como escada de macaco, coletada na Floresta Nacional Contendas do Sincorá (BA), sobre o crescimento bacteriano e sobre alguns fatores de virulência de Staphylococcus aureus resistentes a antibióticos (MRSA), isolados de ambientes hospitalares de Vitória da Conquista (BA). O EFPF foi testado nas concentrações entre 4000 a 125 μg/mL na determinação de concentração inibitória mínima (CIM) e concentração bactericida mínima (CBM). Foram estudados Staphylococcus aureus ATCC 43300 e 31 isolados resistentes a oxacilina em antibiograma e que apresentaram o gene mecA em reação de PCR. Na CIM, as placas foram incubadas a 37°C, 24h, sendo interpretadas de acordo com o crescimento bacteriano e confirmado com o corante ressazurina. Como controle dos experimentos, foi utilizado o veículo, etanol (10%, v/v). Verificou-se a inibição de formação do biofilme de MRSA em 3, 5, 7 e 24 h, após a exposição ao EFPF, avaliou-se a formação de biomassa total com cristal de violeta, viabilidade celular com MTT e morfologia do biofilme usando microscopia confocal após 24 h (isolados clínicos 16A e 92). Foi realizada curva de crescimento de MRSA avaliando a absorbância e viabilidade da cultura bacteriana suplementada com 1% glicose, e tratada com o veículo ou EFPF em concentração subinibitória (CIM50). Nos tempos de 5 e 24 h de exposição ao EFPF, da curva foi analisada a expressão gênica de α-hla, PVL, sea, seb, spa, icaA, icaB, icaC, icaD, icaR dos isolados 16A e 112. Foram realizadas 03 triplicatas para cada experimento e análise estatística. Todos os isolados testados e a cepa ATCC apresentaram CIM ente 125 e 4000 μg/mL, sendo resultados relevantes de CIM (125 μg/mL) foram obtidos para a cepa ATCC 43300 e para os isolados 27A, 27B, 28, 29, 33A, 43.1, 47.1, 52, 76, 85.1, 85.2, 92 e 113. Quanto ao CBM, ocorreu para os isolados 47.1 e 92 (4000 μg/mL), isolado 12D (1000 μg/mL), e isolado 29 (500 μg/mL). Na inibição de formação de biofilme, os resultados em redução de células viáveis e formação da biomassa total ocorreram nos tempos de 7 e 24h, sendo que na concentração 5000 μg/mL foi efetiva no biofilme de 24 h. Quanto à curva de crescimento, a atividade antimicrobiana de EFPF ocorreu na fase final exponencial e estacionária inicial avaliada pela redução de absorbância, e também a redução da viabilidade celular do EFPF em relação ao veículo nas cepas testadas. Houve diminuição da expressão de PVL do isolado 16A tratado com EFPF (p<0,05), aumento da expressão de icaC, icaR e spa do isolado 16A em relação ao veículo (p<0,05). O EFPF apresenta atividade antimicrobiana contra S. aureus e influencia a expressão de fatores de virulência das cepas MRSA testadas, sendo um potencial antimicrobiano e promissora fonte para o isolamento de substâncias bioativas contra microrganismos multirresistentes. PIBIC/CNPq, CNPq Universal 14/2008, 14/2010, 13389/2010-0, Decit/SCTIE/MS (CNPq/FAPESB/SESAB), PERMANECER /UFBA, MEC-PET/SESU/SECAD.
URI: http://www.repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/10445
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado (PMPGCF)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
2012 - Mestrado PMPGCF - RNF.pdf2.84 MBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA