DSpace

RI UFBA >
Instituto Multidisciplinar em Saúde (IMS) >
Programa Multicêntrico de Pós-Graduação em Ciências Fisiológicas (PMPGCF) >
Dissertações de Mestrado (PMPGCF) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/10440

Title: Efeitos da dieta hiperlipídica sobre a função, estrutura e o perfil inflamatório renal em ratas ovariectomizadas
Authors: Amaral, Liliany Souza de Brito
???metadata.dc.contributor.advisor???: Soares, Telma de Jesus
Coimbra, Terezila Machado
Keywords: Rim – Inflamação;Rim – Fisiopatologia;Pós-Menopausa – Metabolismo;Obesidade Abdominal – Inflamação
Issue Date: 6-May-2013
Abstract: A obesidade é considerada um problema mundial de saúde pública, freqüentemente associada à alterações metabólicas e cardiovasculares. No entanto, a sua relação com o desenvolvimento de lesões renais, principalmente no período da pós-menopausa, tem sido menos documentada e os mecanismos pouco elucidados. O objetivo desse estudo foi avaliar a função, estrutura e o perfil inflamatório renal em um modelo de obesidade induzida por dieta hiperlipídica em ratas ovariectomizadas. Vinte e seis ratas Wistar foram utilizadas, com peso inicial de 150 a 200 g. As ratas foram submetidas à ovariectomia ou cirurgia sham com 10 semanas de idade e consumiram ração padronizada controle ou ração hiperlipídica (54,4% de gordura), por um período de 24 semanas. Os animais foram divididos em quatro grupos distintos: DCS – ratas submetidas à dieta controle e à cirurgia sham (n=6); DCO – ratas submetidas à dieta controle e ovariectomia (n=6); DLS – ratas submetidas à dieta hiperlipídica e à cirurgia sham (n=6); DLO – ratas submetidas à dieta hiperlipídica e ovariectomia (n=8). O peso e a pressão sanguínea foram determinados semanalmente e amostras de sangue e urina foram coletadas ao longo do período experimental para análise da função renal. Os animais foram sacrificados 24 semanas após o fornecimento das dietas, e os rins removidos para os estudos histológicos, morfométricos, de imunoistoquímica e de biologia molecular. Os resultados demonstraram que as ratas ovariectomizadas submetidas à dieta hiperlipídica (DLO) apresentaram aumento do peso corporal médio, do tecido adiposo abdominal e da pressão arterial sistólica, quando comparados aos animais dos demais grupos experimentais. Esses animais apresentaram diminuição significativa da fração de excreção de sódio e aumento da excreção urinária de proteína e albumina. Não foram observadas alterações significativas da creatinina plasmática, da fração de excreção de potássio e do fluxo urinário entre os grupos experimentais. Foi observado um discreto aumento da taxa de filtração glomerular nesses animais. Os estudos histológicos e morfométricos mostraram alterações no córtex renal das ratas DLO, caracterizadas por infiltrado de células inflamatórias, atrofia e dilatação tubular, fibrose intersticial, adesão dos capilares à cápsula de Bowman, glomeruloesclerose e aumento da área do tufo glomerular. A marcação túbulo-intersticial para vimentina foi mais pronunciada no córtex renal das ratas do grupo DLO quando comparada aos grupos DCS e DCO. Além disso, as ratas do grupo DLO apresentaram maior número de macrófagos, linfócitos, PCNA (antígeno nuclear de proliferação celular), angiotensina II (AII), NF-kB (fator nuclear-kB) e aumento da expressão do RNAm de TNF-α(Tumor Necrosis Factor-α) no tecido renal. Os resultados demonstraram que a dieta hiperlípidica em ratas ovariectomizadas promoveu alterações histológicas discretas e focais, acompanhadas de alterações na função renal e na pressão sanguínea, sugerindo que macrófagos, linfócitos, AII, NF-kB e TNF-α devem contribuir para esse processo.
URI: http://www.repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/10440
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado (PMPGCF)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
2011 - Mestrado PMPGCF - LSBA.pdf1.69 MBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA