Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufba.br/handle/ri/38039
metadata.dc.type: Dissertação
Title: Relação entre o estresse, fatores de personalidade e apoio social: um estudo comparativo entre pais de crianças e jovens com transtorno do espectro autista
metadata.dc.creator: Rodrigues, Marianna Santos
metadata.dc.contributor.advisor1: Freitas, Patrícia Martins de
metadata.dc.contributor.advisor-co1: Siquara, Gustavo Marcelino
metadata.dc.contributor.referee1: Freitas, Patrícia Martins de
metadata.dc.contributor.referee2: Manfroi, Edi Cristina
metadata.dc.contributor.referee3: Teodoro, Maycoln Leôni Martins
metadata.dc.description.resumo: O manejo das necessidades de um filho com diagnóstico de Transtorno do Espectro do Autista (TEA) pode desencadear uma sobrecarga e estresse parental, sintomas de ansiedade e depressão. O objetivo do estudo foi avaliar a relação dos traços de personalidade, estratégias de enfrentamento e apoio social com o nível de estresse, sintomas de ansiedade, depressão em pais de filhos, com TEA. Esta dissertação apresenta três artigos independentes. Artigo 1: Investigou as evidências da literatura sobre as variáveis individuais, traços de personalidade, que influenciam no estresse e no coping de mães de filhos com TEA. Revisão sistemática da literatura, entre 2009-2019. As principais evidências apontam alto nível de estresse presente em mães, em 90% dos estudos. A personalidade foi pouco investigada presente em apenas 16% das pesquisas. O segundo e o terceiro artigo foram produzidos a partir de um delineamento quantitativo, transversal, com 346 participantes, idade média 37 anos (dp = 6,48), das cinco regiões do Brasil. A coleta de dados foi on-line e os participantes concordaram com o Termo de Consentimento Livre e Esclarecido. Artigo 2: O objetivo foi avaliar o estado emocional (estresse, ansiedade e depressão) e comparação de grupos entre pais de filhos com TEA. Os pais foram divididos em três grupos, a partir da idade dos filhos: G1 de 0-5 anos, G2 de 6-11 anos e G3 acima de 12 anos. Para análise de dados utilizou-se análise descritiva, correlação de Spearman, testes de Kruskal-Wallis, Teste de Dunn, e análise de regressão múltipla. A comparação de grupos apontou diferenças em variáveis de Estresse: Restrição de comportamento no G3 (p<0,010) e Incapacidade do Filho, no G1 (p<0,001). Na avaliação de comportamentos, apresentaram diferenças quanto a Fala Inapropriada no G2 e no G3 (em ambos, p<0,001), e na Letargia a diferença foi apontada no G3 (p<0,003). A idade e o comportamento dos filhos compõem um modelo preditor de estresse, para este estudo (R²=0,33; p<0,000). A maior resposta de estresse foi observada em pais de crianças menores e de jovens. Artigo 3: Avaliou-se a interação do estresse, ansiedade, depressão, tipos de enfrentamento e traços de personalidades dos pais. Para análise de dados utilizou de testes de correlação de Spearman, regressão múltipla e mediação. Nas correlações, observou-se o Neuroticismo que apresentou correlações positivas, enquanto a Conscienciosidade negativas entre com o estresse, a ansiedade e a depressão. Na análise de regressão, as estratégias de Fuga, Confronto e Reavaliação Positiva (R² = 0,16 p<0,000) e o Neuroticismo (R² = 0,15 p<0,000), são preditores do estresse parental. Na análise de mediação, os efeitos indiretos do Neuroticismo foram observados nas relações de estresse/depressão e estresse/ansiedade. Os resultados apresentam um modelo com variáveis individuais que explicam a relação de estresse e coping em famílias, no contexto do TEA, e pode ser um diferencial para as intervenções no cuidado das famílias. O produto deste trabalho foi um e-book distribuído gratuitamente com conteúdo psicoeducativo, direcionado aos pais, com informações sobre estratégias comportamentais para auxiliar nos cuidados do filho e no manejo do estresse parental.
Abstract: Handling the needs of the child diagnosed with Autism Spectrum Disorder (ASD) can lead to overload and parental stress, anxiety symptons and depression. In this study the objective was to evaluate the personality traits, coping strategies and social support in relation to stress level, anxiety symptoms, and depression in parents of children, with ASD. The manuscript is organized in independent articles and in this version there will be presented three articles. Article 1: Investigated the evidence found in the literature about the indivudual variables, personality traits, wich influence in the stress and coping of mothers of people with ASD. Systematic literature review, between 2009 and 2019. The main evidences point out that there is a high stress level in mothers, in 90% of the studies. Personality was little investigated, present in only 16% of the researches. The second and third articles were produced from a quantitative, cross-sectional outline, with 346 participants, mean age 37 years (sd = 6.48), from Brazil’s five regions. Data collection was online and participants agreed to the free and clarified consentment term. Article 2: The objective was to evaluate the emotional state (stress, anxiety and depression) and to compare groups of parents of children with ASD. Parents were divided into three groups, based on the age of their children: G1: 0-5 years old, G2: 6-11 years old and G3: over 12 years old. In order to analyse the data, Descriptive analysis was conducted, Spearman’s correlation; Kruskal-Wallis test, Dunn test, and multiple regression analysis. The group comparison showed a difference in the stress variable: Behavior Restriction in G3 (p<0,010) and Child's Disability in G1 (p<0,001). In the behavioral evaluation, it presented differences in terms of Inappropriate Speech in G2 and G3 (p<0.001 in both), and in Lethargy the difference was pointed out in G3 (p<0.003). The children's age and behavior constitute a stress predictor model for this study (R²=0.33; p<0.000). The greatest stress response was observed in parents of younger children and juveniles. Article 3: The study evaluated the interaction of stress, axiety, depression, coping types and parental personality traits. Data analysis consisted of Spearman correlation tests, multiple regression analysis and mediation. In the correlations, Neuroticism was observed, which presented positive correlations, while negative Conscientiousness between stress, anxiety and depression. In the regression analysis, the strategies of Escape, Confront and Positive revaluation (R² = 0.16 p<0.000) and Neuroticism (R² = 0.15 p<0.000) are predictors of parental stress. In the mediation analysis, the indirect effects of Neuroticism were observed in the stress/depression and stress/anxiety relations. The results present a model with individual variables that explain the relation between stress and coping in families, in the context of ASD, and can be a differential for interventions in the care of families. The product of this work was na free distributed e-book with psychoeducational content, aimed at parents, with information on behavioral strategies to assist in child care and in the management of parental stress.
Keywords: Estresse parental
Autismo
Traço de personalidade
Transtorno do Espectro Autista
Apoio social
Adaptação psicológica
Relações Pais-Filho
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal da Bahia
metadata.dc.publisher.initials: UFBA
metadata.dc.publisher.department: Instituto Multidisciplinar em Saúde (IMS)
metadata.dc.publisher.program: Outro
Citation: Rodrigues, Marianna Santos. Relação entre o estresse, fatores de personalidade e apoio social: um estudo comparativo entre pais de crianças e jovens com transtorno do espectroautista. 2022. 199 f. (Mestrado Profissional) - Universidade Federal da Bahia, Instituto Multidisciplinar em Saúde, Pós-Graduação em Psicologia da Saúde, Vitória da Conquista, BA, 2022.
metadata.dc.rights: Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Brazil
metadata.dc.rights.uri: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/3.0/br/
URI: https://repositorio.ufba.br/handle/ri/38039
Issue Date: 27-Jun-2022
Appears in Collections:Dissertação de Mestrado Profissional (PPGPS - IMS)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DISSERTAÇÃO_RODRIGUES.MS_PPGPS.pdfDissertação - Programa de Pós Graduação em Psicologia da Saúde.10,57 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons