Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufba.br/handle/ri/37562
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.creatorSouza, Celeste Crispina Melo de-
dc.date.accessioned2023-08-07T13:58:58Z-
dc.date.available2023-08-07T13:58:58Z-
dc.date.issued2023-07-05-
dc.identifier.urihttps://repositorio.ufba.br/handle/ri/37562-
dc.description.abstractThis work analyzes how the rapprochement and/or distancing between the two recording actions of the viola de trough occurs, contextualizes the research problem and,provides subsidies for the justification of exploring the concept of musealization of the Emília Biancardi Collection, which includes face-to-face activities by the collector of the Solar Ferrão Cultural Center.The main objective is to understand which aspects guided the process of musealization of the viola from the points of approximation between the two registers,and approach the know-how of the viola de trough; the instrument's patrimonialization process; the trajectory of the musealization of the object; the observation of the points that meet,and either move away from the concept of musealization of a material asset and the record of patrimonialization of an intangible asset based on the case study of the viola de trough. Therefore,intangible cultural heritage involves dealing with a complex field of knowledge and political relationship, due to the various nuances with all its entangled aspects, thus, an object in a museum, which is a heritage, it is not just an item from a collection, but a piece that had and has a historical trajectory within the institution of custody. Regarding the procedure, the methodology is a case study ,since it deals with the study of a specific object from a collection, seeking to explore its real sociological context through theories.This way, The objective of this work is to contribute for the enlightenment of people who seekunderstand and learn more about museum objects,and the social environment in which it was inserted, understanding each process they undergo to become an intangible heritage.pt_BR
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal da Bahiapt_BR
dc.rightsAttribution-NoDerivs 3.0 Brazil*
dc.rights.urihttp://creativecommons.org/licenses/by-nd/3.0/br/*
dc.subjectViola de Cochopt_BR
dc.subjectPatrimonializaçãopt_BR
dc.subjectMusealizaçãopt_BR
dc.subjectPatrimônio imaterialpt_BR
dc.titleViola de cocho: delineamentos sobre patrimonialização e musealizaçãopt_BR
dc.typeTrabalho de Conclusão de Cursopt_BR
dc.publisher.initialsUFBApt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.subject.cnpqHumanaspt_BR
dc.contributor.advisor1Ballardo, Luciana Messeder-
dc.contributor.referee1Ballardo , Luciana Messeder-
dc.contributor.referee2Silva, Anna Paula da-
dc.contributor.referee3Santana, Roberta Fróes de-
dc.description.resumoEste trabalho analisa como ocorre a aproximação e/ou o distanciamento entre as duas ações de registro da viola de cocho, contextualiza o problema de pesquisa e fornece subsídios para a justificativa de exploração da concepção de musealização da Coleção Emília Biancardi, que conta com atividades presenciais da colecionadora do Centro Cultural Solar Ferrão. Em vista disso, esta pesquisa visa compreender: os aspectos que direcionaram o processo de musealização da viola, a partir dos pontos de aproximação entre os dois registros, abordando o saber-fazer da viola de cocho; o processo de patrimonialização do instrumento; a trajetória da musealização do objeto; os pontos que se encontram e/ou se afastam da concepção de musealização de um bem material; e o registro de patrimonialização de um bem imaterial a partir de estudo de caso da viola de cocho. Portanto, analisar um patrimônio cultural imaterial envolve tratar de um campo complexo de conhecimento e relação política, devido às várias nuances de todos os seus emaranhados aspectos. Assim, um objeto em um museu, considerado um patrimônio, não é apenas um item de uma coleção, mas uma peça que teve e tem uma trajetória histórica dentro da instituição de guarda. Em relação ao procedimento, a metodologia é um estudo de caso, uma vez que se trata do estudo de um objeto específico de uma coleção, buscando explorar, através de teorias, seu real contexto sociológico. Deste modo, o objetivo deste trabalho é contribuir para o esclarecimento de pessoas que buscam entender e aprender mais sobre os objetos de museu e o meio social em que este está inserido, compreendendo cada processo a que essas peças se submetem para tornarem-se patrimônios imateriais.pt_BR
dc.publisher.departmentFaculdade de Filosofia e Ciências Humanas (FFCH)pt_BR
dc.type.degreeBachareladopt_BR
dc.publisher.courseMUSEOLOGIApt_BR
Appears in Collections:Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação) - Museologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
REVISADO - 3Monografia Celeste vFina-06-07(2).pdf1,47 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons