Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufba.br/handle/ri/34884
metadata.dc.type: Dissertação
Title: INFLUÊNCIA DA COBERTURA FLORESTAL NATIVA E DA ESTRUTURA DA VEGETAÇÃO LOCAL NAS INTERAÇÕES TRÓFICAS EM PLANTAÇÕES DE CACAU SOMBREADAS NO SUL DA BAHIA
metadata.dc.creator: Morato, Karla
metadata.dc.contributor.advisor1: Faria, Deborah Maria de
metadata.dc.contributor.advisor-co1: Morante-Filho, José Carlos
metadata.dc.contributor.referee1: Faria, Deborah Maria de
metadata.dc.contributor.referee2: Bovendorp, Ricardo Siqueira
metadata.dc.contributor.referee3: Silva, Bruno Vilela de Moraes e
metadata.dc.description.resumo: No sul da Bahia, um dos centros de endemismo na Mata Atlântica, o cacau é o produto agrícola mais importante e cerca de 70% da produção é realizada sob o sistema agroflorestal conhecido como cabruca. Este sistema concilia a produção do cacau com a manutenção da biodiversidade original. Apesar de sabermos que os artrópodes podem causar uma redução da produção anual do cacau, não sabemos se mudanças na abundância de aves e artrópodes predadores, desencadeadas por alterações na quantidade de floresta na paisagem ou na simplificação estrutural da lavoura cacaueira em decorrência do aumento da intensidade de manejo através da remoção da vegetação nativa para aumentar a produtividade, pode influenciar na taxa local de herbivoria. O objetivo deste estudo foi investigar o impacto do processo de desmatamento e da simplificação da estrutura da vegetação nos padrões locais de herbivoria. E testar, tanto de maneira experimental quanto através da amostragem efetiva de aves e artrópodes, se estas alterações podem ser decorrentes de um relaxamento do controle top-down, oriundo de mudanças na paisagem e na estrutura local da floresta. Esse estudo foi conduzido em 18 cabrucas localizadas na região Sul da Bahia, ao longo de um gradiente de cobertura florestal (3-66%). Em cada sítio amostrado, foram dispostos modelos de lagartas artificiais que foram observados durante 4 dias para verificação da taxa de predação. Foram amostradas aves de sub bosque e artrópodes presentes em folhas de cacau, além da coleta de folhas para medir o dano foliar, aqui um proxy para herbivoria. Foram também coletados dados de cinco descritores locais da floresta (estratificação vertical, área basal, sombreamento, abundância de árvores nativas e abudância de cacaueiros). A análise estatística foi feita a partir da modelagem com equações estruturais (path analysis) e regressão linear múltipla. Evidenciamos que a pressão de predação sobre os artrópodes herbívoros em folhas de pé de cacau, aqui avaliada por lagartas artificias, foi realizada principalmente por invertebrados e não por aves ou outros vertebrados. Esse controle top down foi corroborado pelo resultado da path analysis, que indicou que o aumento da abundância real de artrópodes herbívoros nos pés de cacau não estava relacionada à abundância local de aves. No entanto ocorre como uma resposta a uma redução na abundância local de artrópodes predadores. Embora a taxa de predação em lagartas artificiais tenha aumentado com o desmatamento, enquanto diminuída sob densidades mais altas de pés de cacau, não encontramos evidências de que a paisagem ou as características locais aqui avaliadas tenham influenciado as assembléias reais de invertebrados (predadores ou herbívoros) e os danos às folhas de cacau. Embora tenhamos detectado uma cascata trófica envolvendo invertebrados ou seja, predadores que controlam herbívoros, essa interação não influenciou a quantidade de dano foliar observado nos pés de cacau.
Abstract: In southern Bahia, a center of endemism, cacao is the most traded agricultural product and about 70% of production is made under the agroforestry system known as cabruca. This system reconciles cacao production with maintaining the original biodiversity. Although we know that arthropods can cause a reduction in annual cacao production, we do not know if changes in the abundance of predatory birds and arthropods, triggered by changes in the amount of forest in the landscape or the structural simplification of cacao crops due to increased intensity. Management through the removal of native vegetation and the use of agrochemicals to increase productivity can influence the local herbivory rate. Therefore, the objective of this study is to investigate the impact of the deforestation process and the simplification of vegetation structure on local herbivory patterns. And test, both experimentally and through effective sampling of birds and arthropods, whether these changes may be due to a relaxation of top-down control at a landscape scale in Atlantic Forest of Southern Bahia State. This study was conducted on 18 cabrucas on a forest cover gradient (3-66%), in which dummy caterpillar were placed and observed for 4 days to verify the predation rate. We sampled understory birds and arthropods on cacao trees, and collected leaves to measure herbivory. Data were also collected from five local descriptors (vertical stratification, basal area, shading, abundance of native trees and cacao abudance). Statistical analysis was based on structural equation modeling and multiple linear regression. We reveal that predation pressure on herbivorous arthropods of cacao leaves, herein assessed by dummy caterpillars, was mainly carried out by invertebrates and not by birds or other vertebrates. Such top-down control was further corroborated by the findings of our path analysis, in which the actual increasing abundance of herbivorous artropods of cacao leaves local was not related with the local abundance of birds but rather, occurs as a response of a decreasing in the local abundance of predatory arthropods. Interesting, although predation rate of dummy catterpillars increased with deforestation while lessened under higher densities of cacao trees, we found no evidence that landscape or local features herein assessed influenced neither the actual invertebrates assemblages (predators or herbivorous) nor cacao leaf damage. Although we detected a trophic cascade involving invertebrates, i.e. predators controlling herbivorous, this interaction did not influence the actual amount of observed leaf damage in cacao trees.
Keywords: Atlantic forest
Forest cover
Herbivory
Top-down control
Anthropogenic changes
Mata atlântica
Cacau
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal da Bahia
metadata.dc.publisher.initials: UFBA
metadata.dc.publisher.department: Instituto de Biologia
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Ecologia:TAV(antigo Programa de Pós em Ecologia e Biomonitoramento) 
metadata.dc.rights: Acesso Restrito
URI: https://repositorio.ufba.br/handle/ri/34884
Issue Date: 10-Feb-2020
Appears in Collections:Dissertação (Pós-Ecologia)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação_Final_Karla_Morato.pdf1,35 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.