Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufba.br/handle/ri/31655
metadata.dc.type: Tese
Title: Educação Musical Afrodiaspórica: uma proposta decolonial para o ensino acadêmico do violão a partir dos sambas do Recôncavo baiano.
Authors: Souza, Luan Sodré de
metadata.dc.creator: Souza, Luan Sodré de
Abstract: Esta tese, que adota uma perspectiva parcial de produção do conhecimento, inspirando-se em Milton Santos (1982), bell hooks (1995) e Donna Haraway (1995), reconhece que a construção dos saberes é localizada, parcial, crítica e política. Sendo assim, discute uma educação musical afrodiaspórica a partir de uma proposta de ensino decolonial – não hegemônica -, norteada por um pensamento crítico de fronteira - onde o conhecimento é construído através dos fluxos estabelecidos em uma zona de fronteira epistemológica. Para tal, se inspira nos saberes e fazeres dos sambas do Recôncavo Baiano como uma referência de pensamento afrodiaspórico materializado em um fazer que também é musical. Ao mesmo tempo, busca caminhos para o diálogo desse conhecimento com o contexto acadêmico numa perspectiva de conciliação intercultural por meio da construção de um conhecimento de fronteira, utilizando o ensino do violão suplementar como um recorte do universo do ensino acadêmico de música. As discussões giram no entorno de uma política de afirmação e reivindicação das existências afrodiaspórica no campo da construção do conhecimento. Para construir os argumentos, além de considerar a minha trajetória enquanto uma existência cujo percurso de formação e vida profissional se entrelaçam com essa temática, dialogo, dentre outros, com os escritos de Franz Fannon (2008), Paul Gilroy (2001), Stuart Hall (2003), Eduardo Oliveira (2007), Muniz Sodré (2018), Joaze Bernardino-Costa, Nelson Maldonado-Torres e Ramón Grosfoguel (2018). O principal objetivo deste trabalho é o de propor caminhos para uma educação musical afrodiaspórica e, consequentemente, para um ensino decolonial do violão na universidade. Para tal, faz o exercício de construir pontes epistemológico-práticas no campo da educação musical e, mais especificamente, no ensino de violão. O desenho metodológico é composto por entrevistas com mestres ligados a transmissão dos sambas do Recôncavo, a citar: Mestre Milton Primo, Mestre Celino e Mestre Alexnaldo dos Santos e com professores da universidade que ministram o componente violão suplementar, a citar: Dra. Cristina Tourinho e Dr. Robson Barreto. Também são consideradas incursões etnográficas no campo, bem como as experiências profissionais vividas no entorno desta temática. A pesquisa revelou fundamentos epistemológicos-práticos que podem contribuir para se pensar uma educação musical afrodiaspórica e um ensino decolonial do violão.
Keywords: Educação Musical
Ensino de música
Ensino de violão
Educação Musical Afrodiaspórica
Ensino decolonial
Pedagogia decolonial
Decolonialidade
Sambas do Recôncavo Baiano
Samba de roda do Recôncavo Baiano
Formação de professores de música
metadata.dc.subject.cnpq: Música
metadata.dc.publisher.country: brasil
metadata.dc.publisher.initials: UFBA
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Música - PPGMUS
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/31655
Issue Date: 13-Mar-2020
Appears in Collections:Tese (PPGMUS)
Tese (PPGMUS)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tese Luan Souza.pdf2,6 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.