Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufba.br/handle/ri/30053
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorMatos, Rita de Cássia Aragão-
dc.contributor.authorCalasans, Bruna Santos-
dc.creatorCalasans, Bruna Santos-
dc.date.accessioned2019-07-16T13:36:40Z-
dc.date.available2019-07-16T13:36:40Z-
dc.date.issued2019-07-16-
dc.date.submitted2019-06-13-
dc.identifier.issnDissertação-
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/30053-
dc.description.abstractDurante onze anos jovens de bairros populares da capital baiana vivenciaram experiências em arte e tecnologia através da formação, em quatro linguagens (computação gráfica, design gráfico, fotografia e vídeo), ofertada pela Oi Kabum! Escola de Arte e Tecnologia. Uma iniciativa do Oi Futuro, Instituto de Responsabilidade Social da Oi (concessionária de serviços de telecomunicações), mantenedor e correalizador do projeto, sob a coordenação da ONG CIPÓ Comunicação Interativa. Após a finalização do projeto, propõe-se através deste estudo um questionamento acerca dos desdobramentos do processo formativo, dos caminhos trilhados pelos egressos e dos principais impactos socioculturais, priorizando como recorte a turma VI/ ano 2014, última turma de alunos vinculados ao projeto. Considerando neste processo aspectos positivos, bem como tensões e contradições aí implicadas. As categorias centrais são colocadas a partir da relação juventudes-violência-território, e ao pensar como categoria construída socialmente, busca-se entender de que modo a juventude, negra e periférica, passa a ser sinônimo de problema social e como os bairros violentados se configuram em Salvador. Para tal finalidade, são apresentados os dados coletados através da aplicação do questionário online com 22 jovens, por meio do qual se fez possível traçar um perfil geral dos egressos. E, uma atenção especial é direcionada às narrativas e trajetórias de 10 jovens egressos, com o intuito de aprofundar as questões e temas diretamente ligados à experiência e pensar em que medida o programa influenciou no processo de construção identitária e na ressignificação de trajetórias. Sujeitos esses que serão tratados a partir das categorias jovens da Kabum e sujeitos da experiência.pt_BR
dc.description.sponsorshipCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes)pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectArte - Estudo e ensino - Salvador, Bahiapt_BR
dc.subjectCulturapt_BR
dc.subjectIdentidadespt_BR
dc.subjectJuventudespt_BR
dc.subjectOi Kabum! Salvadorpt_BR
dc.subjectResponsabilidade socialpt_BR
dc.subjectMarketing socialpt_BR
dc.subjectNegrospt_BR
dc.titleConstrução de Identidades e a (Res)significação de trajetórias juvenis: Oi Kabum! Escola de Arte e Tecnologia de Salvadorpt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR
dc.contributor.refereesFreitas, Ricardo Oliveira de-
dc.contributor.refereesSampaio, Adriano de Oliveira-
dc.publisher.departamentUniversidade Federal da Bahia, Instituto de Humanidades, Artes e Ciências Professor Milton Santospt_BR
dc.publisher.programPrograma Multidisciplinar de Pós-Graduação em Cultura e Sociedadept_BR
dc.publisher.initialsUFBApt_BR
dc.publisher.countrybrasilpt_BR
dc.subject.cnpqCultura e Sociedadept_BR
Appears in Collections:Dissertação (POSCULTURA)



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.