DSpace

RI UFBA >
Instituto de Letras >
Programa de Pós-graduação em Letras e Lingüística (PPGLL até 2010) >
Teses de Doutorado (PPGLL) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/8396

Title: Diálogos interculturais: Graciliano Ramos tradutor / traduzido
Authors: Bicalho, Ana Maria
???metadata.dc.contributor.advisor???: Ramos, Elizabeth Santos
Keywords: Albert Camus. Tradução e interpretação. Linguagem e cultura.Graciliano Ramos.
Issue Date: 6-Feb-2013
Abstract: A presente pesquisa tem como base os Estudos da Tradução aplicados a Graciliano Ramos, primeiramente, como tradutor do romance La Peste de Albert Camus, e, em seguida, como autor canônico traduzido para o francês, discutindo questões relacionadas à importância e à autonomia da tradução, aos fatores que influenciaram o processo tradutório de textos permeados por aspectos particulares de uma determinada cultura. A base teórica e metodológica adotada é a Teoria do Polissistemas desenvolvida por Itamar Even-Zohar e os fundamentos dos Estudos Descritivos de Tradução, que têm como principais representantes Gideon Toury, André Lefevere e Theo Hermans. A pesquisa apoia-se, ainda, na noção de intertextualidade e nos conceitos de domesticação e estrangeirização propostos por Lawrence Venuti. As análises abordam questões referentes ao cânone literário, fidelidade e originalidade, além da relação entre autor e tradutor. A tese destaca a perda da estatura canônica de Graciliano Ramos, quando do deslocamento de sua obra para o sistema literário francês, e analisa, ainda, os ―privilégios‖ garantidos por sua canonicidade, quando, na sua condição de tradutor, recria a obra de Camus em português brasileiro. A pesquisa inclui reflexões sobre o hiato decorrido entre a publicação e a tradução para a língua francesa de três romances de Graciliano Ramos – Angústia, S. Bernardo e Vidas Secas –, as estratégias de tradução e de importação responsáveis pela escolha dessas obras, identificando as soluções encontradas pelos tradutores franceses para a recriação de elementos linguístico-culturais específicos do sertão e da zona da mata de Alagoas que passam a se inscrever em outro sistema linguístico-cultural. A análise traz à tona as relações entre tradução, contexto cultural, sistema literário, demonstrando que o processo de recriação é afetado não apenas na forma como os textos são traduzidos, mas também pelo momento em que determinada cultura solicita a tradução.
URI: http://www.repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/8396
Appears in Collections:Teses de Doutorado (PPGLL)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Ana Maria Bicalho.pdf10.23 MBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA