DSpace

RI UFBA >
Escola de Administração >
Núcleo de Pós-Graduação em Administração (NPGA) >
Dissertações de Mestrado Acadêmico (NPGA) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/7637

Title: Heurísticas afetivas no mercado de ações: um estudo quase-experimental salvador
Authors: Gonzalez, Ricardo Alonso
???metadata.dc.contributor.advisor???: Bruni, Adriano Leal
Keywords: Heurística afetiva;Finanças comportamentais;Investidores;Psicologia Econômica;Heuristic affective;Behavioral finance;Investors;Economic psychology
Issue Date: 2011
Publisher: Universidade Federal da Bahia
Abstract: O objetivo desta pesquisa foi investigar de que forma aspectos afetivos se manifestam nos julgamentos de risco e benefício nos investidores do mercado de ações brasileiro por meio da heurística afetiva. O processo decisório que conduz aos julgamentos é complexo e multifacetado, e neste trabalho pressupõe-se que o afeto assume posição privilegiada nos julgamentos. Para alcançar o objetivo pretendido criaram-se quatro estímulos em relação ao mercado de ações: alto risco; baixo risco; alto benefício; baixo benefício. A aplicação da pesquisa ocorreu em três fases, sendo uma fase de préteste, uma fase de teste (Fase 1- Teste) e uma terceira fase que se constituiu na aplicação da pesquisa propriamente dita (Fase 2 – Pesquisa). Na fase de pré-teste ajustou-se o instrumento de coleta de dados, e na Fase 1 – Teste foi feita uma pesquisa prévia com servidores da SEFAZ-BA. Essa amostra foi composta por 134 indivíduos segregados aleatoriamente em quatro grupos (um grupo para cada estímulo). Os resultados obtidos nessa fase permitiram passar para a fase seguinte. Na Fase 2 – Pesquisa aplicou-se o experimento em uma amostra composta por 143 investidores da bolsa de valores que operam por meio do home broker. A manifestação da heurística afetiva ocorreu no Grupo 2 por meio da diferença significativa de percepção de risco e de benefício antes e depois do estímulo. Para tanto, utilizou-se o teste t para médias. Em seguida, buscou-se nas variáveis idade, gênero e grau autopercebido de conhecimento do mercado de ações as determinantes da manifestação da heurística afetiva. Por meio da regressão logística múltipla identificouse que apenas a variável grau autopercebido de conhecimento do mercado de ações exerceu influência significativa na manifestação da heurística afetiva. Os resultados encontrados na pesquisa sugerem que a heurística afetiva manifesta-se mais em indivíduos com menor grau de conhecimento, e que os fatores idade e gênero não exercem influência significativa.
Description: 153 p.
URI: http://www.repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/7637
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado Acadêmico (NPGA)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
888888888.pdf1.14 MBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA