DSpace

RI UFBA >
Instituto de Geociências >
Pós-Graduação em Geofísica (PGEOF) >
Dissertações de Mestrado (PGEOF) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/7448

Title: Imageamento de resistividade elétrica a partir de dados eletromagnéticos multifrequência, arranjo coplanar horizontal
Authors: Barbalho, Ricardo Luiz
???metadata.dc.contributor.advisor???: Sato, Hédison Kiuity
Keywords: Prospecção;Métodos geofísicos;Indução Eletromagnética
Issue Date: 12-Dec-2012
Abstract: O processo de interpretação de dados obtidos em lavantamentos eletromagnéticos é frequentemente feito através da comparação com dados produzidos por modelos teóricos ou de escala reduzida. No intuito de contribuir para a interpretação desse tipo de levantamento, este trabalhoproduz e analisa perfis de condutividade elétrica no plano xz através de simulações computacionais de um modelo geológico teórico composto por uma esfera condutora imersa num semiespaço infinitamente resistivo sob um arranjo horizontal coplanar. A metodologia empregada faz a inversão das impedâncias de acoplamento mútuo (Z/Z0)em condutividades aparentes (Dias, 1968) e as associa a um ponto de maior influência no plano xz (Sato, 1979), gerando uma grade de dados que permite, por sua vez, construir os perfis 2D. Para o processamento dos dados FDEM no arranjo adotado, foi necessárioreescrever a expressão de Z/Z0 como uma expansão em série de Taylor para reduzir erros nos cálculos computacionais para pequenos valores do número de indução, resultado conseguidopara θ < 10-2, intervalo em que os erros são sempre menores que 1%. A avaliação das coordenadas do ponto de maior influência em condições limítrofes (θ << 1 e θ >> 1) confirma a existência de uma linha limite com mergulho de 26,57o, abaixo da qual não é possível observar as anomalias, e a necessidade de se ter números de indução muito altos quando o alvo é um corpo raso, o que implica em condições específicas, como frequências maiores que 10 kHz, distâncias TX-RX muito grandes ou condutividades muito altas, o que, nas aplicações práticas dos métodos CSAMT, não é usual. Os perfis obtidos mostram também que a posição horizontal das imagens geradas por corpos mais profundos são deslocadas na direção contrária a do transmissor quando se associa a medição a umponto diretamente abaixo do receptor. Dessa forma, a correção horizontal utilizada, apesar de deslocar um pouco as imagens dos corpos mais rasos na direção do transmissor, produz resultados muito melhores para corpos mais profundos.
URI: http://www.repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/7448
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado (PGEOF)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Barreto.pdf2.88 MBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA