DSpace

RI UFBA >
Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas (FFCH) >
Programa de Pós-Graduação em Estudos Interdisciplinares sobre Mulheres, Gênero e Feminismo (PPGNEIM) >
Dissertações de Mestrado (PPGNEIM) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/6374

Title: De volta à escola: entre os limites de ser e as possibilidade de viver
Authors: Suzarte, Odezina
???metadata.dc.contributor.advisor???: Sardenberg, Cecília Maria Bacellar
Keywords: trajetórias sociais;relações de gênero;educação escolar;empoderamento
Issue Date: 25-Jan-2010
Abstract: Neste estudo, imagens das trajetórias de vida e de escolarização de mulheres, moradoras do bairro da Mata Escura, pontilhadas por situações reais de negação e/ou limitação de direitos e, ao mesmo tempo, configurada por promessas de re-significação e projeção, orientaram o propósito de investigar se o rompimento com os limites estabelecidos no âmbito social e familiar para retornar à escola significa para essas mulheres perspectiva de empoderamento. Situam-se os resultados do tratamento dado ao conteúdo de relatos de um grupo de mulheres de classe popular, estudantes de escola pública, que após difícil caminhada de luta pela sobrevivência iniciam ou retornam à escola, e nela vivenciam novas situações e experiências, impondo-se a si a necessidade da escolarização como instrumental de importância relevante para o seu desenvolvimento pessoal e profissional; cuja sistematização de ideias buscou compreender as condições que lhes possibilitaram o acesso e conduziram ao abandono, e posterior retorno à escola, o que se passou entre a saída e a volta à escola: as condições heterogêneas de vida, cultura, valores expectativas; refletir sobre os sentidos que conferem ao estudo e aos saberes escolares; identificar as expectativas em torno da educação escolar e as transformações que instaurou em suas vidas, traduzindo imagens que explicitam a busca por escolarização na perspectiva de empoderamento. Assim, reúne um conjunto de ideias cuja análise em diálogo com estudiosos da educação permitiu evidenciar que a escola é para essas mulheres um espaço de “esperança” e “liberdade”, e o conhecimento adquirido com a escolarização um caminho possível para exercê-las com consciência. O significado da volta à escola está imbricado à concepção de emancipação social e individual, de autonomia; e a educação escolar é uma possibilidade de prover-se de um novo instrumental, a capacidade de conhecer e de atuar, ou até mesmo de (re) significar/transformar a realidade, sendo, portanto, força vital para garantia do seu empoderamento.
URI: http://www.repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/6374
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado (PPGNEIM)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Dissertação de Odezina 24.out.11.pdf929.63 kBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA