DSpace

RI UFBA >
Instituto de Geociências >
Trabalhos de Conclusão de Curso – TCC (GEOLOGIA) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/32807

Title: Argilominerais em reservatórios de hidrocarbonetos : “possibilidade de dano de formação”
Authors: Passos Filho, Roberto Rios
???metadata.dc.contributor.advisor???: Silva, Roberto Rosa da
Keywords: Argilominerais - Caracteristicas;Dano de Formação - Rocha;Caulinita;Argila de infiltração;Petrologia;Rochas
Issue Date: 12-Feb-2021
Abstract: Os argilominerais são filossilicatos de alumínio hidratado com granulometria inferior a 2 μm (micras). O diminuto tamanho deste grupo de minerais não reflete a importância e complexidade do mesmo. Dentre a grande variedade de espécies, os mais comuns, e importantes, são a caulinita, clorita, ilita e esmectita. O valor do conhecimento acerca deste grupo minerais se reflete diretamente na produção de hidrocarbonetos. O tipo, distribuição, composição e reatividade dos argilominerais pode refletir na produção de hidrocarbonetos devido a sua relação direta com a permo-porosidade da formação. O comprometimento da permo-porosidade da formação está relacionado com o fenômeno conhecido como Dano de Formação. Esse fenômeno é responsável pela redução da produtividade de hidrocarbonetos no reservatório causado pela interação dos fluidos utilizados na construção do poço com a rocha-reservatório. Entender a interface Argilominerais-Dano de Formação é de suma importância para manter e melhorar a produtividade de um poço. Para atingir este objetivo, estudou-se 12 lâminas da Bacia do Recôncavo-Ba em busca de caracterizar os argilominerais presentes. Os argilominerais encontrados foram: i) Caulinita com hábito de booklets, lamelar substituindo e expandindo micas; ii) esmectita na forma de argila de infiltração sob a forma de meniscos exibindo textura de encolhimento e iii) cloritas maciças substituindo clastos argilosos, formando franjas circundando poros (rims pore lining) e substituindo feldspatos. A presença destes argilominerais está relacionada a possibilidade de Dano de Formação, tais como, respectivamente, migração de finos, inchamento das argilas e precipitação de óxidos de ferro.
Clay minerals arehydorus aluminum phylosilicates with a particle size of less than 2 μm (microns). The small size of this group of minerals does not reflect its importanc and complexity. Among the great variety of species, the most common, and, importan, are kaolinite, chlorite, illite and smectite. The value of knowledge about this group is directly reflected in hydrocarbon production. The type, distribution, composition and reactivity of clay minerals may reflect the hydrocarbon production due to its direct relantionship with the formation permoporosity. The impairment of formation permoporosity is related to the phenomenon known as Formation Famage. This phenomenon is responsible for the reduction of hydrocarbon productivity in the reservoir caused by the interaction of the fluids used in the construction of the well with reservoir rock. Understanding the interface between clay mineral-Formation Damage is importante in maintaining and improving the well productivity. To exemplify this study, 12 thin section of Recôncavo basin-Ba were studied in order to characterize the presente clay minerals. The clay mineral found were: i) Booklets and lamellar kaolinite; ii) meniscos of smectite exhibiting shrinkage texture and iii) chlorites replacing clay clasts forming rims pore lining and replacing feldspars. The presence of these clay minerals is related to the possibility of Formation Damage, such as, respectively, dispersion and migration on fines, clay-swelling and preciptation of iron oxides.
URI: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/32807
Appears in Collections:Trabalhos de Conclusão de Curso – TCC (GEOLOGIA)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
tfg_RobertoRios.pdf3.14 MBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA