DSpace

RI UFBA >
Faculdade de Economia >
Trabalhos de Conclusão de Curso – TCC (FCE) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/32541

Title: Crescimento econômico, saúde e gasto público: uma análise em painel dos municípios do Nordeste
Authors: Santos, Vitor Bernard de Souza
???metadata.dc.contributor.advisor???: Oliveira, Rodrigo Carvalho
Keywords: Crescimento econômico - Nordeste;Saúde - Gasto público;Saúde - Aspectos econômicos;Métodos quantitativos
Issue Date: 28-Dec-2020
Abstract: Este trabalho tem por objetivo investigar os determinantes do crescimento econômico de curto-médio prazo dos municípios da região Nordeste do Brasil através do modelo neoclássico em uma análise de painel de efeitos fixos para o período de 2003 até 2017. A modelagem foi construída de modo a verificar se as variáveis tradicionais da literatura do crescimento econômico, tais como mortalidade infantil e mortalidade adulta, apresentariam efeito positivo sobre a evolução do PIB per capita para os municípios do Nordeste. Com base na literatura recente, incluiu-se o gasto público em saúde como um possível determinante do crescimento, arguindo seu efeito sobre a oferta e qualidade dos serviços de saúde. Como resultado, observa-se que a mortalidade infantil e a mortalidade adulta não apresentam significância estatística acerca do seus respectivos coeficientes de impacto sobre o crescimento econômico. O gasto público apresenta resultados ambíguos, o que pode refletir uma dinâmica distinta dos municípios da região Nordeste em comparação ao restante do país e outros entes federativos. Constata-se também as conclusões dos modelos neoclássicos de crescimento, isto é, efeito negativo do crescimento populacional e a convergência de renda.
This study aims to investigate the short-medium term economic growth determinants of municipalities in the northeastern Brazil through the growth neoclassical model in a panel data analysis of fixed effects for the period from 2003 to 2017. The modeling was constructed to verify whether the traditional variables in the economic growth literature, such as infant mortality and adult mortality, would have a positive effect on the evolution of GDP per capita for the municipalities of the Northeast. Based on recent literature, public spending on health has been included as a possible determinant of growth, arguing its effect on the supply and quality of health services. As a result, it is observed that infant and adult mortality do not present statistical significance about their respective impact coefficients on economic growth. Public spending presents ambiguous results, which may reflect a distinct dynamic of the Northeastern region’s municipalities compared to the rest of the country and other federal entities. The conclusions of the growth neoclassical models are also noted, i.e., negative effect of population growth and income convergence.
URI: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/32541
ISSN: TCC
Appears in Collections:Trabalhos de Conclusão de Curso – TCC (FCE)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
TCC Vitor Bernard.pdf1.72 MBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA