DSpace

RI UFBA >
Instituto de Saúde Coletiva - ISC >
Dissertações de Mestrado Profissional (ISC) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/32235

Title: Hemovigilância das reações transfusionais imediatas: análise a partir de um Hospital Universitário do Estado da Bahia.
Authors: Cercato, Marta Suzin
???metadata.dc.contributor.advisor???: Souza, Marluce Karla Bomfim de
Keywords: Hemovigilância;Fluxo de Trabalho;Reação Transfusional;Hospital Universitário;Serviço de Hemoterapia
Issue Date: 17-Sep-2020
Abstract: O estudo apresenta como questão principal o modo como o serviço de hemovigilância atua na prevenção e na ocorrência das reações transfusionais (RTs). Nesse sentido, delineia-se como objetivo geral: Discutir as ações, métodos e estratégias de hemovigilância para a prevenção, tratamento e minimização de danos das ocorrências das reações transfusionais (imediatas) em um hospital universitário do estado da Bahia no período de 2012 a 2018. São, portanto, objetivos específicos: Caracterizar uma unidade de hemoterapia (UH) segundo os elementos constitutivos do processo de trabalho (objeto, agentes, meios/instrumentos e finalidade); Identificar a frequência das RTs imediatas ocorridas/notificadas no hospital neste período; Relacionar o tipo de hemocomponente transfundido com o tipo de reação; Identificar a demanda e a capacidade de atendimento desta UH; Identificar métodos e estratégias utilizadas pela UH para prevenção das RT e minimização de danos. Trata-se de um estudo retrospectivo, descritivo, de abordagem qualitativa e quantitativa que adota como estratégia de pesquisa o estudo de caso. O campo caracteriza-se como unidade hospitalar e ambulatorial, classificada como hospital universitário, cuja coleta foi realizada, considerando os dados secundários (registros do Notivisa, prontuários, etc.) e acessados outros documentos institucionais como diretrizes clínicas, livros do serviço de Hemovigilância, Procedimentos Operacionais Padrão (POPs), relatórios e planilhas de produção. Foi realizada a coleta dos dados primários, a partir da aplicação de roteiro semiestruturado de entrevista. A partir dos dados coletados foi utilizada análise descritiva das frequências e dos percentuais das ocorrências e tipologias das RT, bem como, da demanda e da capacidade de atendimento desta UH. Também, a técnica de análise (de conteúdo) temática foi utilizada como estratégia para evidenciar sobre a caracterização da UH, bem como, sobre os componentes do processo de trabalho que caracterizam a Hemovigilância no caso estudado. Todos os aspectos éticos foram respeitados. A Unidade de Hemoterapia estudada atende ao Hospital Universitário, que integra o SUS, participa da Rede Sentinela e é conveniado à Fundação Hemoba. Possui como agentes de trabalho diversos profissionais, com diferentes saberes específicos, em várias áreas de atuação, dispondo de meios de trabalho em número satisfatório, em condições adequadas para a realidade desta unidade e para manusear o seu produto de acordo com a finalidade proposta. Foi verificada frequência de 6,43% de RTs imediatas por 1.000 hemocomponentes transfundidos. A Reação Febril Não Hemolítica e a Reação Alérgica são as duas RTs imediatas que mais ocorreram. A febre, o aparecimento de placas eritematosas e o prurido foram os sinais/sintomas mais frequentes. Quanto à variável sexo para a ocorrência das RT imediatas, observou-se que 51,9% ocorreu em mulheres e 48,1% em homens. Percebeu-se maior número de RTs com grau I (97,5%), sendo que os concentrados de hemácias (44,1%) e de plaquetas (41,9%) foram os hemocomponentes mais transfundidos e os dois mais envolvidos na maioria das reações transfusionais notificadas. Quanto às estratégias para a prevenção, tratamento das RTs e minimização dos riscos foram identificadas o cumprimento dos procedimentos técnicos de acordo com os POPs e legislação vigente, a supervisão dos agentes de trabalho, a capacitação e qualificação profissional e os procedimentos administrativos da gestão. Portanto, a análise dos resultados evidenciou que o desenvolvimento do processo de trabalho pelos profissionais de saúde responsáveis pela hemoterapia e pela hemovigilância deste hospital está orientado pelas normas, procedimentos e legislação vigente, bem como, pela adoção de estratégias e métodos que impactam na minimização de danos das ocorrências das reações transfusionais, ainda que persistam desafios do cotidiano do Serviço de Hemoterapia inerentes não só à realidade estudada.
URI: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/32235
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado Profissional (ISC)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
DISS_MP_Marta_Suzin_Cercato_2019.pdf1.89 MBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA