DSpace

RI UFBA >
Faculdade de Medicina da Bahia >
Artigos Publicados em Periódicos (Medicina) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/3196

Title: Complicações materno-fetais da biópsia de vilo corial: experiência de um centro especializado do Nordeste do Brasil
Other Titles: Revista Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia
Authors: Lopes, Antônio Carlos Vieira
Pimentel, Kleber Santos
Almeida, Alessandro de Moura
Matos, Eduardo Costa
Toralles, Maria Betânia Pereira
Keywords: Amostra da vilosidade coriônica/efeitos adversos;Diagnóstico pré-natal;Anormalidades/diagnóstico;Aberrações cromossômicas;Cromossomos humanos par 21;Síndrome de Down;Chorionic villi sampling/ adverse effects;Prenatal diagnosis;Abnormalities/diagnosis;Chromosome aberrations;Chromosomes, human, pair 21;Down Syndrome
Issue Date: 2007
Publisher: Revista Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia
Abstract: OBJETIVO: avaliar complicações maternas e fetais após realização de biópsia de vilo corial (BVC) para diagnóstico pré-natal de alterações genéticas, na cidade de Salvador (BA). MÉTODOS: série de 958 gestantes de risco para cromossomopatias, submetidas à BVC realizada entre a nona e a 24ª semanas de gestação, por via transabdominal, utilizando agulha espinhal 18G 31/2, guiada por ultra-sonografia, entre 1990 e 2006. As variáveis para a análise de complicações imediatas foram cólicas uterinas, hematoma subcoriônico, punção acidental da cavidade amniótica, dor no local da punção, amniorrexe, desconforto abdominal, bradicardia fetal e sangramento vaginal, e para complicações tardias, dor abdominal, sangramento vaginal, amniorrexe, infecção e abortamento espontâneo. Complicações obstétricas e fetais (parto prematuro, descolamento prematuro de placenta, placenta prévia e malformações anatômicas fetais) foram também estudadas. Para análise estatística, utilizaram-se o c² e o teste t de Student ou Mann-Whitney; o nível de significância foi 5%. RESULTADOS: a média de idade das gestantes foi 36,3±4,9 anos. Complicações imediatas foram encontradas em 182 (19%) casos (cólica uterina em 14%, hematoma subcoriônico em 1,8% e punção amniótica acidental em 1,3%) e tardias em 32 (3,3%) casos (sangramento vaginal em 1,6%, dor abdominal em 1,4%, amniorrexe em 0,3% e aborto espontâneo em 1,6%). Não foi observado descolamento prematuro de placenta, placenta prévia ou malformação fetal. CONCLUSÕES: a BVC revelou-se procedimento simples e seguro. A BVC pode ser utilizada em gestantes que necessitam de diagnóstico pré-natal devido ao risco de anomalias genéticas.
URI: http://www.repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/3196
ISSN: 0100-7203
Appears in Collections:Artigos Publicados em Periódicos (Medicina)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
ggggg.pdf209.65 kBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA