DSpace

RI UFBA >
Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas (FFCH) >
Programa de Pós-Graduação em História (PPGH) >
Dissertações de Mestrado (PPGH) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/31939

Title: Relações de gênero e sexualidades no confessionário sacramental: a solicitação como transgressão nos Cadernos do Promotor e Regimentos da Inquisição, século XVII
Authors: Souza, Joseane Pereira de
???metadata.dc.contributor.advisor???: Lima, Marcelo Pereira
Keywords: Solicitação;Relações de gênero;Inquisição;Masculinidades;Lisboa;Igreja Católica;Gender relations;Masculinities;Request;Inquisition
Issue Date: 5-Jun-2020
Abstract: A presente dissertação buscou analisar os casos de solicitação registrados nos Cadernos do Promotor do Tribunal da Inquisição de Lisboa, século XVII. A solicitação foi uma prática sexual e/ou amorosa ocorrida entre sacerdotes confessores e penitentes no confessionário sacramental, durante a realização da confissão. Essa prática foi considerada um delito da alçada inquisitorial devido a preocupação crescente em torno do sacramento da confissão, principalmente a partir Concílio de Trento. Neste concílio, projetou-se a reforma interna da Igreja católica e depositou-se sobre o clero a responsabilidade pela manutenção da ordem católica, por isso, houve uma maior preocupação com a moralização do corpo clerical. Nesse sentido, produziu-se um ideal de masculinidade clerical, o qual buscou-se analisar aqui. Por meio dos registros de solicitação, os Cadernos do Promotor também reproduziam estereótipos de masculinidades e feminilidades Dessa forma, buscamos mapear e analisar como a documentação determina ou não os lugares e funções sociais de sujeitos masculinizados e feminilizados, através dos casos de solicitação. Enfatiza-se a Inquisição, destacando as atividades e discursos do tribunal que atendiam aos interesses da Igreja, mas também do Estado. Almeja-se contribuir para a construção de uma História Relacional e Institucional do Gênero, a partir da pesquisa sobre as práticas de solicitação tendo o gênero como categoria de análise.
The present dissertation analyzed the processes of delegation in the Promoter’s Notebooks of the Court of the Inquisition of Lisbon, XVII. The request was a sexual and/or loving practice which happened among religious confessors and penitents into the sacramental confessionary during the confession. This practice was considered a crime of inquisitorial jurisdiction due to growing concern about the sacrament of confession, especially since the Council of Trent. Into this Council, an internal reform of the Catholic Church was projected and it was deposited on the clerics the responsibility for the maintenance of the Catholic Order, therefore, we had a greater concern about the moralization of the clerical institution. In this sense, an ideal of clerical masculinity was produced, which we sought to analyze in this paper. Through the request records, the Promoter’s Notebooks also reproduced stereotypes of masculinities and femininities. In this way, we seek to map and analyze how the documentation or didn‟t determined the spots and the social functions of the masculinized and feminized individuals through the request cases. The Inquisition is emphasized, putting highlights on the activities and speeches of the court that served the interests of the Church, but also of the State. We hope to contribute for the construction of a Relational and Institutional History of the Gender, from this research on the requesting practices having the subject as category of analysis.
URI: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/31939
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado (PPGH)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
DISSERTAÇÃO Souza, Joseane Pereira de.pdf1.25 MBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA