DSpace

RI UFBA >
Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas (FFCH) >
Programa de Pos Graduacao em Museologia (PPGMUSEU) >
Dissertações de Mestrado (PPGMUSEU) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/31649

Title: Ruínas de Remanso Velho sob a perspectiva da museologia: relações entre comunidade e sítio arqueológico
Authors: Pinheiro, Jarryer de Jesus
???metadata.dc.contributor.advisor???: Costa, Carlos Alberto Santos
Keywords: Remanso Velho;Patrimônio arqueológico;Museologia social;Archaeological heritage;Social museology
Issue Date: 12-Mar-2020
Abstract: Após a realização do trabalho de conclusão de curso em Arqueologia e Preservação Patrimonial intitulada “O uso e transformação do espaço urbano: um estudo arqueológico da cidade de Remanso Velho, Bahia”, se evidenciou um conjunto significativo de ruínas da primeira sede do município de Remanso, chamada de Remanso Velho. Considerando a necessidade de compreender a perspectiva da comunidade atrelada a este sítio arqueológico, essa dissertação buscou conhecer e evidenciar as relações socioculturais existentes entre a comunidade da atual cidade de Remanso e o sítio arqueológico Remanso Velho. Dessa forma, apresentamos as principais ruínas, apontando suas funções enquanto eram estruturas arquitetônicas urbanas, bem como evidenciamos os processos históricos do surgimento até o seu desuso enquanto sede municipal. Em seguida, realizamos uma discussão teórica referente ao cenário estudado, apontando reflexões relativas ao patrimônio arqueológico e ao exercício museológico. Além de evidenciar os vínculos socioculturais existentes entre a comunidade e seu sítio arqueológico, o estudo realizado para esta pesquisa de mestrado também possibilitou caracterizar os processos históricos e os agentes que conduziram a construção dessas relações, a identificação do valor simbólico que é dado pela comunidade ao sítio arqueológico Remanso Velho e a identificação do papel desempenhado pelo sítio arqueológico na memória da sua comunidade. A problemática proposta como eixo delineador desta dissertação consiste no cenário no qual as ruínas de Remanso Velho não são reconhecidas como patrimônio arqueológico pelas instituições oficiais, tampouco se compreende a representatividade que esse bem arqueológico possui para a sua comunidade. Deduzimos, então, que tal condição colocaria essas estruturas fora das políticas públicas que possibilitariam o seu conhecimento e a sua salvaguarda, bem como dificultaria a implantação de processos de gestão social desse legado, colocando-o fora do eixo de pesquisas arqueológicas. Contrapondo esse cenário, foi proposta como hipótese que o fato de estar fora das políticas públicas oficiais não necessariamente impossibilitaria a sua comunidade de desfrutar de seu bem cultural, nas formas e maneiras por eles escolhidas. Conforme os resultados obtidos, confirmamos a hipótese apresentada e entendemos que a comunidade vinculada ao sítio arqueológico Remanso Velho utiliza o seu bem cultural na maneira que compreende os seus anseios.
After the conclusion of the Archeology and Heritage Preservation course entitled “The use and transformation of urban space: an archaeological study of the city of Remanso Velho, Bahia”, a significant set of ruins of the first seat of the municipality of Back up. , called Old Backwater. Considering the need to understand the perspective of the community linked to this archaeological site, this dissertation sought to know and highlight the existing sociocultural relations between the community of the current city of Remanso and the archaeological site Remanso Velho. Thus, we present the main ruins, pointing out their functions while they were urban architectural structures, as well as highlighting the historical processes from the emergence until its disuse as municipal headquarters. Then, we conduct a theoretical discussion regarding the studied scenario, pointing reflections related to the archaeological heritage and the museological exercise. In addition to highlighting the socio-cultural links between the community and its archaeological site, the study conducted for this master's research also made it possible to characterize the historical processes and the agents that led to the construction of these relationships, the identification of the symbolic value that is given by the community to the community. Remanso Velho archaeological site and the identification of the role played by the archaeological site in the memory of its community. The problematic proposed as the outline axis of this dissertation is the scenario in which the ruins of Remanso Velho are not recognized as archaeological heritage by the official institutions, nor is it understood the representativeness that this archaeological asset has for its community. We deduce, then, that such a condition would put these structures out of public policies that would enable their knowledge and safeguard, as well as make it difficult to implement social management processes of this legacy, placing it outside the axis of archaeological research. Against this background, it has been hypothesized that being outside official public policies would not necessarily make it impossible for your community to enjoy its cultural good in the forms and ways they choose. According to the results obtained, we confirm the hypothesis presented and understand that the community linked to the archaeological site Remanso Velho uses its cultural good in the way that understands its desires.
URI: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/31649
ISSN: Dissertação
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado (PPGMUSEU)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Dissertação Final_Jarryer de Jesus Pinheiro (24-10-2019).pdf10.15 MBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA