DSpace

RI UFBA >
Faculdade de Medicina da Bahia >
Programa de Pós-Graduação em Saúde, Ambiente e Trabalho (PPGSAT) >
Dissertações de Mestrado (PPGSAT) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/31412

Title: Qualidade de vida dos trabalhadores da saúde e equipes de saúde bucal
Authors: Silva, Juliane Kelly Fagundes
???metadata.dc.contributor.advisor???: Kusterer, Liliane Elze Falcão Lins
Keywords: Qualidade de Vida;Relacionada à Saúde;Saúde do trabalhador;Trabalhadores da Saúde;Atenção Primária à Saúde
Issue Date: 4-Feb-2020
Abstract: A Qualidade de Vida (QV) e Qualidade de Vida Relacionada à Saúde (QVRS) são termos genéricos que apresentam diversos conceitos na literatura, são resultantes de múltiplos fatores, dentre eles aspectos econômicos; socioculturais; experiência, satisfação e realização pessoais; estilos de vida; condições de trabalho, e a QVRS enfatiza o processo Saúde-doença dos sujeitos partindo do conceito ampliado de Saúde. Dessa forma, a QVRS pode ser considerada um indicador de Saúde individual ou de políticas públicas voltadas à promoção da Saúde e à prevenção de agravos em uma dimensão coletiva. Trabalhadores da área da saúde são considerados um dos mais vulneráveis a situações de estresse, cobranças de produtividade, sobrecarga, aumento de jornada de trabalho, precarização do trabalho, e consequente adoecimento, podendo comprometer e reduzir a sua QVRS. São restritos os estudos que abordam a QVRS de trabalhadores da saúde, incluindo os pertencentes às Equipes de Saúde Bucal, especialmente os de nível Técnico. Estudar sobre esse objeto traz uma perspectiva de atuação com base na Vigilância em Saúde e no Modelo de Saúde do Trabalhador e Trabalhadora, uma vez que se amplia o olhar para fatores que estão além do ambiente de trabalho e para possíveis ações de promoção de saúde e prevenção de agravos que possibilitem melhoras da QVRS desses indivíduos. A presente dissertação é composta por dois artigos, o primeiro é uma revisão sistemática de literatura que se propõe a investigar a QV/QVRS de trabalhadores da saúde. O segundo artigo trata-se de um estudo empírico que teve como objetivo avaliar os fatores associados à QVRS de trabalhadores das Equipes de Saúde Bucal (Cirurgiões-dentistas e profissionais de Nível Técnico em Saúde Bucal) atuantes na Atenção Primária à Saúde (APS). Mesmo evidenciados nos estudos que os participantes avaliaram sua Qualidade de Vida como boa ou muito boa, e estavam satisfeitos com a sua Saúde, foram observadas diversas variáveis que contribuíram negativamente com a QVRS tanto no que diz respeito a seu Componente de Saúde Mental quanto Componente de Saúde Física, como a falta de acesso ao lazer, o hábito de fumar, menor renda, horas extras e jornada extensa de trabalho. Grupos como mulheres e pessoas com mais anos de idade precisam de uma atenção maior, pois estiveram mais vulneráveis a piores escores de QV/QVRS. Na revisão sistemática, predominaram estudos com profissionais de enfermagem e medicina que atuam em ambiente hospitalar, evidenciando a necessidade de aprofundar o conhecimento diante de outras categorias profissionais da saúde, incluindo a odontologia, e de outros setores da Rede de Atenção à Saúde como a APS, com menor visibilidade. Mais estudos envolvendo profissionais de nível Técnico em Saúde Bucal são necessários para comparar os resultados encontrados no estudo empírico realizado e possibilitar ações mais efetivas diante da realidade que vivem.
URI: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/31412
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado (PPGSAT)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Dissertação Mestrado Juliane Fagundes com correções sugeridas pela banca.pdf1.29 MBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA