DSpace

RI UFBA >
Escola de Enfermagem >
Programa de Pós-Graduação em Enfermagem (PPGENF) >
Dissertações de Mestrado (PPGENF) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/31048

Title: Processo de trabalho de técnicas e auxiliares em enfermagem em hospitais públicos
Authors: Silva, Maria Navegantes da
???metadata.dc.contributor.advisor???: Melo, Cristina Maria Meira de
???metadata.dc.contributor.advisor-co???: Santos, Tatiane Araújo dos
Keywords: Processo de Trabalho;Técnica em Enfermagem;Auxiliar em Enfermagem;Sistema Único de Saúde;Work Process;Nursing Technician;Nursing Assistant;Unified Health System
Issue Date: 11-Dec-2019
Abstract: O objetivo geral é verificar diferenças entre o processo de trabalho das técnicas e auxiliares em enfermagem em hospitais públicos. Estudo descritivo, com abordagem quantitativa. O recorte para este estudo foi 15 hospitais gerais e especializados da rede estadual do Sistema Único de Saúde. A amostra é composta por 338 técnicas e 319 auxiliares em enfermagem, entrevistadas entre março de 2015 até fevereiro de 2016. As variáveis foram reorganizadas para caracterizar os elementos que compõem o processo de trabalho: agentes, objeto, instrumento e atividade/ finalidade. Calcularam-se frequências simples e absoluta, os testes utilizados foram Exato de Fisher e Qui-quadrado de Tendência Linear, com significância estatística de 5%. O processo de trabalho das técnicas e auxiliares em enfermagem se revelou semelhante, dado que os resultados descritos em cada elemento que o compõem evidenciaram proporções equivalentes. Conclui-se que as trabalhadoras são em sua maior parte mulheres pretas; mais qualificadas do que é exigido para sua formação; se evidencia sem diferenças entre seus processos de trabalho. Este resultado permite afirmar que a divisão social e técnica do trabalho, que gera a existência das duas categorias de trabalhadoras, se justifica para o barateamento da força de trabalho em enfermagem. As proporções com diferença estatisticamente significante sugerem uma relação com fatores geracionais entre as categorias de trabalhadoras, o que deve ser aprofundado em novas pesquisas.
The general aimis to verify differences between the work process of technicians and assistantsin nursing in public hospitals. This is a descriptive study, with a quantitative approach. The cutout for this study were 15 general and specialized hospitals from the State Unified Health System.The sample is consisted of 338 technicians and 319 assistants in nursing, interviewed between March 2015 and February 2016. The variables were reorganized to characterize the elements that compose the work process: agents, object, instrument and activity/purpose.Simple and absolute frequencies were calculated, and the Fisher's Exact and Linear Trend Chi-square tests were used, with a statistical significance of 5%. The work process of techniciansand assistants in nursingwas similar, since the results described in each element that compose it evidenced similar proportions.It is concluded that the workers are mostly black women; more qualified than is required for their formation; it is evidenced no differences between their work processes.This result allows to state that the social and technical division of work that generates two categories of workers, is justified for the cheapening of the workforce.The proportions with a statistically significant difference suggest a relationship with the generational factors among the categories of workers, which should be deepened in new researches.
El objetivo general es verificar diferencias entre el proceso de trabajo de las técnicas y auxiliares en enfermería em los hospitales públicos. Estudio descriptivo, con abordaje cuantitativo. La muestra está compuesta por 338 técnicas y 319 auxiliares en enfermería, entrevistadas entre marzo de 2015 a febrero de 2016. Las variables fueron reorganizadas para caracterizar los elementos que componen el proceso de trabajo: agentes, objeto, instrumento y actividad / finalidad. Se calcularon frecuencias simples y absoluta, las pruebas utilizadas fueron Exacto de Fisher y Qui-cuadrado de Tendencia Lineal, con significancia estadística del 5%. El proceso de trabajo de las técnicas y auxiliares en enfermería se reveló semejante, dado que los resultados descritos en cada elemento que lo componen evidenciaron proporciones equivalentes. Se concluye que las trabajadoras son en su mayor parte mujeres negras; más cualificadas de lo que se requiere para su formación; se evidencia sin diferencias entre sus procesos de trabajo. Este resultado permite afirmar que la división social y técnica del trabajo, que genera la existencia de las dos categorías de trabajadoras, se justifica por el menor costo de la fuerza de trabajo en enfermería. Las proporciones con diferencia estadísticamente significante sugieren una relación con factores generacionales entre las categorías de trabajadoras, lo que debe ser profundizado en nuevas investigaciones.
URI: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/31048
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado (PPGENF)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Dissertação_Maria_Final_Final_PDF.pdf1.18 MBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA