DSpace

RI UFBA >
Faculdade de Economia >
Programa de Pós-Graduação em Economia (PPGECO) >
Teses de Doutorado (PPGECO) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/30827

Title: O Estado na teoria econômica: os diferentes paradigmas e suas diferentes leituras
Authors: Rech, LucasTrentin
???metadata.dc.contributor.advisor???: Balanco, Paulo Antônio de Freitas
???metadata.dc.contributor.advisor-co???: Rotta, Tomas Nielsen
Keywords: História do pensamento econômico;Estado;Filosofia;Economia política;Teoria econômica
Issue Date: 29-Oct-2019
Abstract: Nesse trabalho se apresentam e discutem as leituras do Estado em diferentes paradigmas econômicos. Opta-se por analisar os autores que deram origem aos mais diversos paradigmas econômicos hoje existentes, defendendo-se que as leituras apresentadas ao leitor correspondem ao núcleo das diferentes leituras acerca do significado e das funções da figura estatal. A tese, composta por seis capítulos, dedica cinco deles a discussão de seis pensadores econômicos, Adam Smith, David Ricardo, John Stuart Mill, Karl Marx, John Maynard Keynes e Alfred Marshall. A ordem de apresentação dos autores não corresponde a uma linha do tempo, mas, sim, a uma ordem secular, onde agrupamos os autores aos diferentes tempos históricos que correspondem. Desse modo, temos uma apresentação da leitura do Estado nos paradigmas econômicos que corresponde aos séculos XVIII, XIX e XX. Fica evidente, ao longo do trabalho, a importância da opção filosófico-metodológica de cada autor, como também do tempo histórico por eles vivido e percebido. No capítulo de número sete, são discutidas e comparadas as opções metodológicas e o tempo histórico de cada autor sem, contudo, indicar uma ou outra leitura como a correta. Isso porque, o esforço que se empreende nesse trabalho visa o conhecimento das distintas filosofias empregadas na definição do que é, e nas prescrições do que deve fazer, o Estado.
On this work are presented the different readings about the State in a sort of economic paradigms. We analyze the authors whom originated the different paradigms existent today defending that their readings are the core of diverse perspectives about State figure. This thesis, compound by six chapters, dedicates five of than to discuss six authors perspective, Adam Smith, David Ricardo, John Stuart Mill, Karl Marx, John Maynard Keynes and Alfred Marshall. The order chosen to present the authors does not correspond to a time line, differently, the order is secular and aggregate the authors in their correspondent historical time. On this way, we have the readings presented corresponding to XVIII, XIX and XX centuries. It is evident to us, and it is highlighted all long the work, the importance of the philosophical and methodological option of each author as well the historical time lived by them. In the chapter number six we discuss and compare all the methodological option without, however, indicates one reading as the “right one”. The non-option is an outcome of the effort of this work that looks the comprehension of different philosophical perspectives used in the definition of what is, and what the State should do.
URI: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/30827
Appears in Collections:Teses de Doutorado (PPGECO)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
TESE - Versão final - corrigida pós defesa.pdf1.71 MBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA