DSpace

RI UFBA >
Escola de Administração >
Núcleo de Pós-Graduação em Administração (NPGA) >
Dissertações de Mestrado Acadêmico (NPGA) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/30818

Title: Qualidade de vida no trabalho: estudo do programa e sua percepção pelos trabalhadores da Universidade Federal da Bahia
Authors: Santos, Aurelio Avelar dos
???metadata.dc.contributor.advisor???: Silva, Monica de Aguiar Mac-Allister da
Keywords: Qualidade de Vida;Trabalho;Universidade;Programa de Qualidade de Vida no Trabalho
Issue Date: 24-Oct-2019
Abstract: A busca de um sentido e novas formas de enxergar o trabalho apresenta caminho para o crescimento e satisfação pessoal, levando as organizações a discutirem a qualidade de vida no trabalho (QVT) de seu quadro de colaboradores. Essa busca encontra nos programas de QVT um importante ponto de apoio, onde podem ser criadas as condições reais de crescimento e desenvolvimento organizacional, com trabalhadores satisfeitos com a sua vida dentro e fora do trabalho. O estudo tem por objetivo verificar o Programa de Qualidade de Vida no Trabalho (PQVT) da Universidade Federal da Bahia (UFBA) e sua adequação aos seus trabalhadores, por meio de análise documental, pesquisa exploratória, no que se refere a obtenção de dados secundários, e descritiva, com levantamento de dados do tipo survey (questionário). Na abordagem quantitativa se avaliou quatro fatores estruturantes das ações do PQVT, sendo eles: os aspectos gerais das ações do PQVT, as ofertas de ações, o incentivo à participação nas ações e a efetividade delas. Na parte qualitativa havia uma questão aberta sobre a concepção de QVT dos respondentes e outra para captar sugestões relevantes acerca do PQVT. Autores como Limongi-França (2011), Ferreira (2017) e Fernandes (1996) foram utilizados na composição do marco conceitual. O público-alvo da pesquisa foi todos os trabalhadores da UFBA que se inscreverem e/ou participaram das ações do PQVT entre os anos de 2015 e 2018, totalizando 362 trabalhadores. Conseguiu-se 55 questionários respondidos, o que corresponde a um percentual de retorno de 15,19 % e o índice de resposta completa do questionário foi de 100 %. A análise documental trouxe o PQVT da UFBA dentro da concepção teórica de Limongi-França (2011) e Walton (1973) e de caráter predominante assistencialista. Os resultados obtidos da análise qualitativa trouxeram elementos que servem para subsidiar pesquisas que visem a obtenção de um conceito de QVT para UFBA. Verificou-se também, na maioria das falas dos respondentes, que emergiram os fatores avaliados nas questões quantitativas sobre o PQVT, confirmando alguns resultados encontrados nesta análise, mais especificamente em relação ao reconhecimento da relevância do programa, necessidade de maior divulgação do mesmo e pouco estímulo institucional e dos gestores para que os trabalhadores participem das ações. A discussão sobre os resultados leva a concluir que, apesar da existência do PQVT na organização estudada, há um descompasso entre o que é ofertado por ele, dentro dos indicadores avaliados, e algumas demandas dos trabalhadores, apontadas na pesquisa. Isto remete à necessidade de ajustes no programa, visando o aprimoramento de alguns de seus aspectos para adequá-lo às reais demandas dos seus trabalhadores.
URI: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/30818
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado Acadêmico (NPGA)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Aurélio Avelar dos Santos.pdf2.68 MBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA