DSpace

RI UFBA >
Instituto de Ciências da Saúde - ICS >
Programa de Pós-graduação em Biotecnologia (PPGBiotec) >
Dissertações de Mestrado - (PPGBiotec) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/29786

Title: Detecção de pigmentos e metabólitos secundários bioativos de extratos de fungos endofíticos associados à Manilkara salzmannii, planta da restinga de Salvador, Ba
Authors: Oliveira, Iara Nunes de
???metadata.dc.contributor.advisor???: Moreau, Vitor Hugo
Keywords: fungos endofíticos;metabolismo secundário;;pigmentos;antifúngico,;caracterização físico-química
Issue Date: 5-Jun-2019
Abstract: Com o desenvolvimento da Biotecnologia, a alta taxa da biodiversidade dos ecossistemas brasileiros, tornou-se alvo de interesse do governo, das empresas e da comunidade científica. Fungos são distintos produtores de metabólitos secundários, muitos dos quais já se encontram empregados em diversos setores de processos industriais e, dentre estes, os endofíticos. Pigmentos são metabólitos secundários ainda pouco explorados, representando uma área em expansão. A notoriedade que tais pigmentos vêm assumindo se deve não só ao apelo ao uso cada vez maior de substâncias naturais, mas também às suas características funcionais e possibilidade de produção em grande escala. Este trabalho teve como objetivo prospectar fungos endofíticos associados à Manilkara salszmannii, planta da restinga de Salvador BA, produtores de pigmento e antimicrobianos com potencial aplicação industrial, bem como caracterizar físico-quimicamente tais compostos. Para isso, foi realizada uma coleta de tecidos sadios de Manilkara salszmanni, no parque UNIDUNAS, em Salvador, a fim de se isolar fungos produtores de metabolitos secundários de interesse. Iniciou-se o processo de caracterização química destas moléculas através de técnicas como cromatografia em camada delgada (CCD), High Performace Liquid Chromatography (HPLC), etc. Um dos isolados apresentou produção de pigmento vermelho solúvel secretado no meio de cultivo, com grande potencial antifúngico e antioxidante. A determinação de compostos fenólicos indicou uma produção considerável de flavonoides e a análise da atividade antioxidante constatou que o fungo endofítico C2C3, também produz compostos pró-oxidantes voláteis. Na composição do pigmento foram detectados vários compostos, entre eles resveratrol. A atividade antifúngica ocorreu frente a vários fitopatógenos e patógenos humanos. Este fungo, registrado como C2C3 foi identificado por técnicas moleculares como pertencente ao gênero Lophiostoma sp.
URI: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/29786
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado - (PPGBiotec)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
DISSERTAÇAO IARA NUNES DE OLIVEIRA.pdf3.79 MBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA