DSpace

RI UFBA >
Faculdade de Arquitetura >
Programa de Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo (PPGAU) >
Dissertações de Mestrado (PPGAU) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/29426

Title: Decisões projetuais e sua importância no conforto ambiental da edificação: o caso do Nema, na Univasf, em Petrolina - PE
Authors: Coêlho, Roberio do Nascimento
???metadata.dc.contributor.advisor???: Amorim, Arivaldo Leão de
Keywords: Conforto térmico;Insolação;Projeto de arquitetura;Núcleo de Ecologia e Monitoramento Ambiental da Universidade Federal do Vale do São Francisco - Nema/Univasf;Thermal comfort;Insulation;Architectural design
Issue Date: 6-May-2019
Abstract: Esta dissertação examina aspectos do conforto ambiental da edificação projetada e construída para sediar o Núcleo de Ecologia e Monitoramento Ambiental da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Nema/Univasf), em Petrolina – PE, nordeste do Brasil. Devido à sua localização em uma região semiárida – que possui clima quente e seco – foram empregados na edificação beirais, paredes duplas e painéis de cobogó, a fim de aumentar sua eficiência quanto à proteção em relação à incidência solar. Assim, este trabalho avalia condições de conforto e níveis de eficiência energética do Nema, considerando parâmetros de avaliação prescritos pelo Regulamento Técnico da Qualidade para o Nível de Eficiência Energética em Edifícios Comerciais, de Serviços e Públicos (RTQ-C) e aferições in loco de temperatura, umidade e velocidade do ar. Registros de temperatura obtidos na estação meteorológica da Univasf, juntamente com conceitos definidos por Nicol e Humphreys (2002) foram utilizados para encontrar a temperatura dita de conforto, então confrontada com as temperaturas aferidas dentro da edificação. Os dados de umidade relativa obtidos nas aferições internas também foram confrontados com os registros da estação meteorológica. Verificou-se que internamente à edificação, os valores aferidos para as temperaturas foram maiores do que é apontado como temperatura de conforto e que, ao longo do dia, os valores referentes à umidade relativa do ar nos ambientes internos do Nema decresceram em menor proporção quando comparados aos dados registrados pela estação meteorológica. Esses resultados sugerem que, embora o uso de elementos arquitetônicos como beirais, paredes duplas e cobogós possa ter contribuído para a redução das temperaturas internas da edificação, estas não alcançaram a faixa de conforto. Além disso, a pesquisa indica que condições ideais de conforto e de eficiência energética das edificações podem ser alcançadas através do uso de elementos arquitetônicos combinado com o tratamento das áreas livres do seu entorno. Por exemplo, o uso associado de vegetação para proteção das faces da edificação e de corpos d’água no seu entorno pode propiciar alterações na temperatura do ar através do resfriamento da ventilação ingressante.
This dissertation examines the environmental comfort of a building designed and built as the Federal University of São Francisco Valley, Center for Ecology and Environmental Monitoring Studies (Nema/Univasf), in the city of Petrolina, northeastern Brazil. Due to its location in a semi-arid region, the building was constructed with eaves, double walls, and “cobogós” or screen walls to increase the building’s efficiency in protection against solar radiation. This study assesses Nema’s comfort levels and energy efficiency, using assessment procedures based on the Technical Quality Regulation for the Energy Efficiency Level in Commercial, Services and Public Buildings (RTQ-C) and temperature, humidity and air speed in situ measurements. Temperature records from the Univasf meteorological station, together with concepts defined by Nicol and Humphreys (2002) were used in defining the comfort temperature which was compared to the temperatures inside the building. The humidity inside the building was also compared with that from the meteorological station. It was found that inside the building, the temperatures were higher than the comfort temperature and that daily air humidity reduction was less than that recorded by the meteorological station. These findings suggest that although the use of the architectural design elements, such as eaves, double walls and “cobogós” may have contributed to reducing the temperature inside the building, the indicated comfort temperature was not achieved. Furthermore, the study suggests that the building´s ideal comfort and energy efficiency levels may be achieved through the use of these architectural elements plus temperature reducing features around the building. For example, the combined use of vegetation for façade protection and surrounding water features, is expected to provoke alterations in the air temperature by cooling incoming ventilation.
URI: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/29426
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado (PPGAU)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
PPGAU_Mestrado RNC.pdf26.21 MBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA