DSpace

RI UFBA >
Escola de Administração >
Núcleo de Pós-Graduação em Administração (NPGA) >
Teses de Doutorado (NPGA) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/29331

Title: Desenvolvimento e integração internacional: os casos de Brasil e México
Authors: Cristaldo, Rômulo Carvalho
???metadata.dc.contributor.advisor???: Kraychete, Elsa Sousa
Keywords: Desenvolvimento econômico;Integração Internacional;Brasil;México
Issue Date: 16-Apr-2019
Abstract: O presente trabalho procura analisar os processos de desenvolvimento e integração internacional de Brasil e México entre 1990 e 2012. Essa pesquisa se fundamentou na prospecção de bibliografia especializada e dados secundários, analisados por meio do emprego de métodos qualitativos e quantitativos de investigação, com o intuito de construir uma narrativa descritivo-explicativa acerca das trajetórias recentes de desenvolvimento e integração internacional desses dois países. Tendo ambos partido de um rol de acontecimentos e estruturas sociais particularmente convergentes que os levaram à década 1990, quando o México então apresentava resultados mais expressivos que o Brasil em termos de desenvolvimento e autonomia internacional, ao cabo de 22 anos o Brasil assumiu a dianteira em boa parte das variáveis utilizadas para caracterizar esses processos sociais. A tese aqui defendida é que essa inversão de desempenho foi possível graças ao fato de que, enquanto o México aderiu de forma quase irrestrita à reconversão neoliberal, assim como ao Tratado de Livre Comércio da América do Norte (Nafta/TLCAN) como nação mais frágil, no Brasil, embora se tenha realizado uma guinada neoliberal na década de 1990, a partir de 2003 até 2012 se viveu uma mudança na lógica de gestão do Estado, isso enquanto o país aderia ao Mercado Comum do Sul (Mercosul) como nação economicamente dominante.
In this research work, we analyze the process of development and international integration of Brazil and México between 1990 and 2012. Our research was grounded in specialized bibliography and secondary data, which was analyzed thru qualitative and quantitative methods in order to produce a descriptive-explicative narrative on the recent trajectories of these two countries regarding economic development and international integration. Those nations entered the 1990s emerging from a number of similar events and social structures, when Mexico performed better than Brazil, both economically and concerning to international autonomy. Then, in 2012, the countries inverted positions, since Brazil yielded better results in both dimensions. We advocate that this inversion happened due the fact that the Mexican Government insisted in neoliberal reforms, whereas in Brazil, although the 1990’s Governs performed such reforms, it had slightly changed between 2003 and 2012. In parallel, Mexico joined NAFTA as its poorer and less important nation, while Brazil joined MERCOSUL as its wealthier and preeminent component.
URI: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/29331
Appears in Collections:Teses de Doutorado (NPGA)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Rômulo Cristaldo.pdf2.46 MBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA