DSpace

RI UFBA >
Instituto de Letras >
Pós-Graduação em Literatura e Cultura (PPGLITCULT) >
Dissertações de Mestrado (PPGLITCULT) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/29313

Title: MISOGINIA E FEMINICÍDIO NA LITERATURA DE CORDEL: UMA ANÁLISE ACERCA DAS RELAÇÕES DE GÊNERO
Authors: Reis, Kellane dos Santos
???metadata.dc.contributor.advisor???: Santos, Alvanita Almeida
Keywords: Literatura popular;LIteratura de cordel;Violência de gênero;Misoginia;Feminicídio
Issue Date: 12-Apr-2019
Abstract: O universo dos folhetos de cordel é amplo e compreende todos os aspectos sociais e culturais da vida de um povo. Reflete, assim, todo o processo de realidade desse povo, desde as dificuldades do dia a dia, as injustiças sociais sofridas, o trato diário com as pessoas, a pobreza e as atividades laborais. As fugas do cotidiano ocorrem através do sonho, da imaginação, do misticismo, significando simultaneamente uma compensação, uma forma de lidar com as desigualdades sociais e os desafios constantes que emergem dessa realidade. Dentre uma diversidade de temas apresentados pelos poetas populares, a temática feminina é uma constante, assim como as narrativas que revelam a inferiorização do feminino pelo masculino. Essa hierarquização dos papéis sociais determina a vulnerabilidade da mulher nos poemas de cordel, o que a expõe às mais diversas formas de humilhação e violência de gênero. O objetivo dessa pesquisa é analisar os folhetos de cordel nos quais observei a descrição de alguma prática de misoginia ou feminicídio; identificar os processos de dominação ideológica e cultural impostos às personagens femininas, na literatura popular, capazes de determinar as relações dessas violências; analisar a representação da mulher nos poemas selecionados, utilizando-me das teorias acerca das poéticas da oralidade e das relações de gênero; evidenciar o lugar subalterno imposto às mulheres nas sociedades patriarcais e as violências às quais são expostas na sociedade que refletem na literatura de cordel. As violências físicas, domésticas, emocionais, sexuais, a objetificação do corpo feminino e o feminicídio são algumas das violências que observei nos poemas selecionados. Analiso a representação das personagens femininas no processo de submissão e insubmissão ao masculino, os artifícios socioculturais que as tornam culpadas nos processos que as vitimam e descrevo as estratégias utilizadas pelos cordelistas como meio de subversão das injustiças sociais em que a impunidade masculina prevalece, demonstrando a cumplicidade existente entre os homens sobre o feminino. Discorro sobre a importância do engajamento dos intelectuais frente às injustiças sociais e a relevância da literatura em manter-se na luta pela democratização dos espaços de poder e ativa na defesa da igualdade de direitos. A desigualdade social, legitimada pelo falocentrismo e pela naturalização dos papéis sociais – determinada pela diferença dos sexos – é arbitrária e se mostra presente nos poemas em que personagens femininas têm seus corpos violados, revelando o domínio do masculino sobre o feminino, em uma relação dinâmica entre ficção e realidade.
The universe of the cordel literature leaflets is broad and comprises all the social and cultural aspects of the life of a folk. It reflects, therefore, the whole process of the folk’s reality, since the day-by-day difficulties, the occurrence of social injustices, the people’s daily dealings, poverty and work activities. The escape of the daily life occurs through the dream, imagination and mysticism, what means a way of compensation and dealing with social inequalities as well as the constant challenges that emerge from this reality. Among a diversity of subjects presented by the popular poets, the feminine theme is constantly presented, as well as the narratives that reveal the inferiorization of the feminine gender by the masculine gender. This hierarchy of social roles determines the vulnerability of women in the cordel poems, which exposes them to the most diverse forms of humiliation and gender violence. The purpose of this research is to analyze the cordel literature leaflets, in which I observed the description of some misogyny practices or feminicide; to identify the processes of ideological and cultural domination imposed on the female characters, in popular literature, capable of determining the relations of these violence; to analyze the representation of the woman in the selected poems using theories about poetics of orality and gender relations; to highlight the subaltern place imposed on women in patriarchal societies and the violence to which they are exposed in society that reflected in the cordel literature. Physical, domestic, emotional, and sexual violence, objectification of the female body and feminicide are some of the violence I observed in the selected poems. I analyze the representation of the female characters in the process of submission and insubmission to the male, the sociocultural artifices that make them guilty in the processes that victimize them, and I describe the strategies used by the cordel writers as a mean of subversion of social injustices in which male impunity prevails, showing the complicity between men over the feminine. I discuss the importance of the intellectual’s engagement against social injustices and the importance of literature in maintaining the struggle for the democratization of power spaces and active in the defense of equal rights. Social inequality, legitimized by phallocentrism and the naturalization of social roles - determined by sex difference, is arbitrary and present in poems in which female characters have their bodies violated, revealing the dominance of masculine over feminine, in a dynamic relation between fiction and reality.
URI: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/29313
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado (PPGLITCULT)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Dissertação de Mestrado.pdf3.56 MBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA