DSpace

RI UFBA >
Instituto de Saúde Coletiva - ISC >
Dissertações de Mestrado Profissional (ISC) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/29257

Title: Uso de adoçantes dietéticos pela população usuária da Atenção Básica no SUS, Brasil: contribuição às reflexões sobre risco à saúde e regulação sanitária.
Authors: Paz, Bianca Maria Santos da
???metadata.dc.contributor.advisor???: Costa, Ediná Alves
Keywords: Adoçante;Risco;Sacarina;Ciclamato;Aspartame;Vigilância Sanitária
Issue Date: 9-Apr-2019
Abstract: O objetivo deste estudo é caracterizar o uso dos adoçantes dietéticos pela população usuária da Atenção Básica (AB) no SUS, nas regiões do Brasil. Tal caracterização pode embasar atividades de regulação, controle sanitário e educativas com os usuários. Trata-se de um estudo transversal descritivo, com dados da Pesquisa Nacional sobre Acesso, Utilização e Promoção do Uso Racional de Medicamentos (PNAUM), com pesquisa exploratória, instituída pelo Ministério da Saúde e realizada em parceria com instituições acadêmicas. Da amostra da PNAUM, constituída de 8803 adultos usuários da AB, foi formada uma subamostra de 1802 adultos, autodeclarados usuários de adoçantes dietéticos que foram entrevistados por pessoal treinado. Utilizou-se um questionário estruturado sobre características socioeconômicas, demográficas, epidemiológicas e de estilo de vida. Os dados foram analisados com o programa SPSS versão 22, e utilizado o teste qui-quadrado. No Brasil, 21,0% dos entrevistados referiram usar adoçantes dietéticos, a maioria mulheres; em ambos os sexos predominaram faixas etárias acima de 40 anos, escolaridade fundamental, estado civil casado, classe econômica C, mulheres que fazem dieta para perda de peso, que evitam o consumo de sal, fazem dieta para reduzir o consumo de gordura e de açúcar e aqueles que autoavaliam sua saúde como boa. O uso de adoçantes dietéticos foi ligeiramente maior entre os homens que declararam ser hipertensos e portadores de dislipidemia e maior entre as mulheres que declararam ser portadoras de diabetes e de depressão. Este estudo evidenciou o uso de adoçantes dietéticos distribuído por todo o país. Considerando que estudos apontam para possíveis malefícios para a saúde relacionados ao uso desses produtos, defende-se a necessidade de ações de vigilância sanitária orientadas ao uso racional dos adoçantes dietéticos.
URI: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/29257
Appears in Collections:Dissertações de Mestrado Profissional (ISC)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
DISS MP BIANCA MARIA SANTOS PAZ 2018.pdf409.54 kBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA