DSpace

RI UFBA >
Instituto de Geociências >
Artigos Publicados em Periódicos (IGEO) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/28979

Title: ANÁLISE QUANTITATIVA DAS ÁGUAS SUPERFICIAIS DA BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO JACUÍPE NO ESTADO DA BAHIA, BRASIL
Authors: Dias, Marcos de Oliveira
???metadata.dc.contributor.advisor???: Garcia, Pedro Maciel de P.
???metadata.dc.contributor.advisor-co???: Gonçalves, Mário Jorge de Souza
Keywords: Gestão de bacia hidrográfica;Fator Hidrológico;Análise Quantitativa.;Rio Jacuípe
Issue Date: 25-Mar-2019
Abstract: A Bacia Hidrográfica do Rio Jacuípe - BHRJ, a maior e mais importante sub-bacia do rio Paraguaçu está localizada na porção centro-leste do território do estado da Bahia e possui a quase totalidade inserida no clima semiárido com uma população residente em torno de 1.200.000 habitantes. A escassez dos recursos hídricos, aliada as ações deletérias sobre este insumo essencial à manutenção da vida no planeta, tornou-se alvo de inúmeras pesquisas, principalmente devido às interações ocorrentes entre os meios físico, biótico e socioeconômico nessa célula. Este trabalho propôs a investigação quantitativa das águas superficiais da BHRJ utilizando os dados históricos de precipitação e de vazão da Agência Nacional das Águas - ANA, aplicando uma metodologia inédita, onde se é atribuído o Fator Hidrológico como referência para anos de seca, normal hidrológico e excedente hídrico, subsidiando uma previsão para cenários futuros, auxiliando na gestão da bacia hidrográfica. Os produtos gráficos de regionalização e vazão, aliados aos dados numéricos históricos propiciaram a determinação do macro tempo de resposta das precipitações na calha do rio Jacuípe. Para o período analisado ficou evidente que o rio não possui uma vazão regularizada, com anos de seca e por vezes, com picos de cheia, que as barragens no rio Jacuípe estão no ano de 2012 operando muito aquém de suas capacidades, com previsão de piora no quadro e que os longos períodos de estiagem são recorrentes e fazem parte do histórico da bacia, devendo então ser encarados com normalidade.
ABSTRACT- The River Basin Jacuípe - BHRJ, the largest and most important sub-basin of the river Paraguaçu is located in the central-eastern territory of the state of Bahia and has almost all embedded in semi-arid climate with a resident population of around 1.200.000 inhabitants. The scarcity of water resources, coupled with the deleterious actions on this essential input to the maintenance of life on Earth, became the target of numerous studies, mainly due to the interactions occurring between the physical, biotic and socio-economic in that cell. This work proposes a quantitative investigation of the surface waters of BHRJ using historical data of precipitation and flow of the National Water Agency - ANA, by applying a new methodology, which is assigned as a reference for Factor Hydrological drought years, and normal hydrological excess water, supporting a forecast for future scenarios, assisting in the management of the watershed. Products and flow charts of regionalization, combined with historical figures enabled the determination of macro response time of the precipitation in the river channel Jacuípe. For the period analyzed was evident that the river does not have a regularized flow with years of drought and sometimes filled with spikes, which dams the river Jacuípe in 2012 are operating far below their capacities, expected to worsen in the frame and the long periods of drought are recurrent and are part of the history of the basin, then shall be regarded as normal.
URI: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/28979
Appears in Collections:Artigos Publicados em Periódicos (IGEO)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
MONOGRAFIA_MARCOS.pdf4.33 MBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA