DSpace

RI UFBA >
Instituto de Letras >
Programa de Pós-graduação em Letras e Lingüística (PPGLL até 2010) >
Teses de Doutorado (PPGLL) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/28970

Title: Usos e funcionamento dos determinantes demonstrativos no português dos séculos XIII, XIV e XVII: um estudo na perspectiva funcionalista
Authors: Lins, Alex Batista
???metadata.dc.contributor.advisor???: Souza, Emília Helena Portella Monteiro de
Keywords: Língua Portuguesa - Pronomes;Língua portuguesa – Gramática histórica;Funcionalismo (Linguística);Demonstrativos;Referenciação;Foricidade;Português Arcaico e Português Clássico;Portuguese;Demonstrative;Functionalism;Referral;Anaphoric;Archaic and Classical Portuguese
Issue Date: 22-Mar-2019
Abstract: O presente trabalho aborda os usos e o funcionamento dos pronomes demonstrativos variáveis e invariáveis no Período Arcaico (PA) e no Período Clássico (PCl) da Língua Portuguesa, tomando como corpus, sob um enfoque funcionalista, o Foro Real, de Afonso X, século XIII, o Flos Sanctorum, século XIV e os Diálogos de São Gregório, século XIV – para o PA – e as Cartas da Baía e as Cartas do Maranhão, século XVII – para o PCl –. O objetivo maior é de identificar os usos e os aspectos funcionais dos determinantes demonstrativos nos referidos estágios do português. Procura-se, ainda, investigar qual sistema desses pronomes, binário ou ternário, prevalecia nas fases arcaica e clássica dessa língua; e avaliar o comportamento e a produtividade do inventário das formas variáveis e invariáveis dos demonstrativos no corpus sob análise, levando-se em consideração as propriedades dêitica e fórica que possuem. A análise e interpretação dos dados fundamentam-se no Funcionalismo com aportes na Linguística Textual, com vistas a contemplar melhor as questões ligadas ao funcionamento dos demonstrativos no âmbito dos processos/propriedades da referenciação e da foricidade. Para tanto, as considerações de um conjunto de teóricos foram tomadas como norte e sustentáculo na presente pesquisa, a exemplo, dentre outros, de Halliday e Hasan (1976, 1978), Câmara Jr. (1976, 1977), Koch (1990, 2004, 2005), Givón (1991, 1995), Apothéloz e Chanet (2003), Neves (2000, 2006, 2007), Marine (2004, 2009), Castilho (1993, 2006, 2007, 2010) e Cambraia (2008, 2009, 2010). No plano metodológico, procede-se: (a) a uma apresentação do percurso histórico dos demonstrativos do Latim Clássico ao português; (b) a uma explanação sobre a relação dêixis, foricidade e pronomes demonstrativos; (c) a uma retomada de alguns estudos sobre o sistema pronominal dos demonstrativos, para que se possa subsidiar a determinação de qual era o sistema desses itens – se binário ou ternário – em uso ou em prevalência, com base nos textos que compõem o corpus, no PA e no PCl; (d) a um levantamento das formas e da frequência de uso dos pronomes demonstrativos no corpus; (d) a uma análise do valor semântico-funcional desses itens em posição nuclear ou marginal no SN; e (f) a um confronto, a partir dos textos selecionados para esta pesquisa, da utilização e do funcionamento dos itens demonstrativos no PA e no PCl. Os resultados permitem indicar que, nesse período, os demonstrativos desempenham não apenas as funções conhecidas e apregoadas pela gramática normativa, mas também o papel de elementos referenciadores e fóricos, com destacado potencial endofórico. Desse modo, tais itens desempenham significativo papel no estabelecimento da coerência e da coesão textual, atuando na ativação, retomada e encerramento do tópico discursivo. Os dados do corpus mostraram também que o sistema pronominal demonstrativo presente no PA e continuado no PCl, encontra-se em variação, configurando-se ora binário, num esquema [este/esse : aquele], em que as formas este/esse variam assumindo tanto a 1ª. quanto a 2ª. pessoas do discurso; ora ternário, num esquema [este : esse : aquele], em que este ocupa a posição de 1ª. pessoa, esse, a de 2ª. pessoa e aquele, a de 3ª. pessoa. Identificou-se, na referida amostra, relativa predominância do primeiro sistema sobre o segundo, o que não pode ser tomado, no entanto, como elemento para a afirmação generalizada de que no PA e no PCl, como um todo, o sistema pronominal demonstrativo se configuraria binário, sendo necessário, portanto, abarcar amostragem maior de textos desses períodos, a fim de investigar ainda mais essa questão.
The present work approaches the uses and functioning of the changeable and unchangeable demonstrative pronoun in the Archaic Period (AP) and Classic Period (CP) of the Portuguese Language, based on the corpus, and under a functionalistic approach, the Foro Real, by Afonso X, from XIII century, the Flos Sanctorum, from XIV century, the Diálogos de São Gregório, from XIV century – AP – e as Cartas da Baía and Cartas do Maranhão, from XVII century – to CP -, The biggest goal is to identify the uses and the functional aspects of the determinative demonstratives in the related periods of stages of Portuguese It’s still searched which system of these pronouns, binary of ternary, it prevailed in the phases archaic and classic of this language; and to value the behavior and the productivity of the inventory of the changeable and invariable forms of the demonstratives in the corpus under analysis, taking itself in consideration the properties demonstrative and anaphoric that they possess. The analysis and interpretation of date are based on Functionalism with Linguistics Textual contributions to, in order to better address issues related to the functioning of the statements in proceedings / referencing properties and anaphoric. For this purpose, a set of considerations were taken as the theoretical north and underpinning to the present study, such as, among others, Halliday and Hasan (1976, 1978). Câmara (1970, 1971, 1975, 1977, 1980) Koch (1990, 2004, 2005) Givon (1991, 1995), and Apothéloz Chanet (2003), Snow (2000, 2006, 2007), Marine (2004, 2009), Castillo (1993, 2006, 2007, 2010) and Cambrai (2008, 2009, 2010). Methodologically, the purpose is: (a) a presentation of the statements of the historical background of classical Latin to Portuguese, (b) an explanation of the relationship between deictic, anaphoric and demonstrative pronouns, (c) to resume some studies on the pronominal system of statements, so we can support the determination of which was the system of these items – if binary or ternary - in use or in prevalence, based on the texts that are part of the corpus, the AP and CP (d) a survey of the forms and frequency of the use of demonstrative pronouns in the corpus, (e) an analysis of the semantic-functional value in these items in a nuclear or marginal position in SN; and (f) a comparison, from texts selected for this research, of the use and operation of demonstration items in AP and CP. The results allow to indicate that in this period, the demonstrative pronouns fulfill not only the functions known and preached by the grammar rules, but also the role of elements referrers and anaphoric with relevant potential endophoric. Thus, these items represents a significant role in establishing textual coherence and cohesion, acting in the activation, resumption and termination of the topic of discourse. The corpus data also showed that the system demonstrative pronoun present in the AP and continued in the CP, is in change, becoming sometimes binary, in a scheme [este/esse: aquele] with the model este/esse assuming this range both the first and the second people’s speech, sometimes ternary, a scheme [este/esse: aquele], where este holds the position of a first person; esse, the second person and aquele the third person. It was identified in this sample, relative dominance of the first system on the second, which can not be taken, however, as an element to the widespread assertion that the AP and CP as a whole, the demonstrative pronoun’s system would be binary, is therefore necessary, to cover larger sample of texts of those periods in order to further investigate this issue.
URI: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/28970
Appears in Collections:Teses de Doutorado (PPGLL)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Tese_Alex Batista Lins_PPGLL UFBA_2011.pdf3.57 MBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA