DSpace

RI UFBA >
Escola Politécnica >
Centro Interdisciplinar de Energia e Ambiente (CIEnAm-PG) >
Teses de Doutorado - (CIEnAm-PG) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/28907

Title: Recuperação avançada experimental de petróleo em meios porosos através de bioativos microbianos
Authors: Pinheiro, Lidiane Karla Xisto
???metadata.dc.contributor.advisor???: Quintella, Cristina M. L. T. da M. H.
???metadata.dc.contributor.advisor-co???: Almeida, Paulo Fernando
Keywords: Recuperação avançada de petróleo;Biopolímero;Meio poroso;Soluções ASP
Issue Date: 19-Mar-2019
Abstract: Nos campos de óleos pesados existem uma grande dificuldade de escoamento do óleo do reservatório até o poço, resultando em uma baixa produção de petróleo pelos métodos convencionais. A adição de soluções ASP (álcali-surfactante-polímero) e polímeros à água salina garante um aumento na viscosidade, o que reduz a formação de caminhos preferenciais e diminui a tensão interfacial no reservatório, estendendo sua vida útil. Este trabalho teve o objetivo de avaliar a eficiência de fluidos de injeção ASP e soluções poliméricas no deslocamento do óleo, por meio da recuperação avançada de petróleo (EOR) utilizando reservatórios simulados a partir de plugs de arenito e célula microrservatório aberta. Os resultados mostram que na célula aberta, a injeção da solução ASP BIO obteve uma recuperação de 34,7% de óleo após a recuperação convencional. Já a ASP comercial permitiu uma recuperação avançada de 28,6%. No sistema Holder foram testados as seguintes soluções poliméricas com seus respectivos fatores de recuperação avançada (FR): BIOPOL1 (Blenda polimérica extraída: xantana comercial e Enterobacter sp. CCMICS 549) FR= 32,6%, BIOPOL2 (EPS extraído de Xanthomonas axonopodis pv. manihotis 1182) FR= 22%, BIOPOL3 (EPS extraído de Xanthomonas axonopodis pv. manihotis 1182 e Pseudomonas sp. CCMICS 109) FR= 26% e BIOPOL 4 (EPS extraído de Enterobacter sp. CCMICS 549 e Pseudomonas sp. CCMICS 109) FR= 22%. Foi realizada, também, análises de tensão interfacial, na qual a maior redução foi da solução ASP com 0,4 mN/m. Os resultados mostram que todos os fluidos EOR testados foram capazes de recuperar óleo residual, possuindo um elevado potencial para a utilização in situ, possibilitando o aumento da produção de óleo em campos maduros.
In heavy oil fields there is a great difficulty of oil flow from the reservoir to the well, resulting in a low petroleum production by conventional methods. The addition of polymers to water ensures an increase in viscosity, which reduces the formation of preferential pathways in the reservoir, providing a greater yield of petroleum fields and extending its useful life. This work aimed at studying and evaluating the influence of alkali-surfactant-polymer solutions (ASP) and microbial Bioactive (biopolymers and biosurfactant) in oil extraction. The results show that in the opened cell to the injection of ASP BIO solution, it had a recovery of 34.7% after conventional oil recovery. The commercial ASP obtained an enhanced recovery of 28.6%. In Holder system were tested the following polymer solutions with their respective advanced recovery factors (RF): ): BIOPOL1 (polymer Blenda: Commercial Xanthan and Enterobacter amningenus CCMICS 549) FR = 32.6%, BIOPOL2 (Xanthomonas axonopodis pv. Manihot 1182) FR = 22%, BIOPOL3 (Xanthomonas axonopodis pv. Manihot 1182 and Pseudomonas aeroginosa CCMICS 109) FR = 26% and BIOPOL 4 (Enterobacter amningenus CCMICS 549 and Pseudomonas aeroginosa CCMICS 109) FR = 22%. From the results obtained in the interfacial tension analysis the ASP solution obtained 0.4 mN. The results show that all tested EOR fluids were able to recover residual oil, with a high potential in situ, allowing the increase of oil production in mature fields.
URI: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/28907
Appears in Collections:Teses de Doutorado - (CIEnAm-PG)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
LIDIANE_XISTO - TESE CD.pdf2.72 MBAdobe PDFView/Open
View Statistics

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

    Universidade Federal da Bahia

Contate-nos. Saiba mais sobre o RI/UFBA